TIFF 2013: Hugh Jackman busca filha desaparecida em Os Suspeitos

Filme retrata um pai atingindo extremos da violência em busca de justiça

Paulo Gadioli, de Toronto Publicado em 11/09/2013, às 19h17 - Atualizado às 19h27

Os Suspeitos
Divulgação

O canadense Denis Villeneuve faz sua estreia em Hollywood comandando um talentoso elenco, incluindo nomes como Hugh Jackman, Jake Gyllenhaal, Melissa Leo, Viola Davis e Terrence Howard. Os Suspeitos, exibido no Festival de Toronto e com estreia prevista para 18 de outubro no Brasil, é composto por surpresas e viradas, buscando deixar o espectador sempre atento no que está por vir.

A trama, essencialmente, mostra o drama de duas famílias em busca de suas filhas pequenas, raptadas no Dia de Ação de Graças. Enquanto a polícia, liderada por um detetive indeciso, não apresenta resultados, os pais resolvem fazer justiça com as próprias mãos e iniciam uma investigação paralela.

Jackman e Howard, responsáveis por interpretar os pais, começam com o mesmo grau de tristeza e inconformidade com o incidente e a aparente inércia da polícia. No decorrer do longa, tudo muda. Um deles segue um caminho de decisões extremas, tornando-se violento e brutal para obter respostas, enquanto o outro lentamente questiona sua própria essência.

Gyllenhaal, por sua vez, fica no meio termo. O ator incorpora um policial relativamente novo, mas de grande sucesso e, por isso, sempre sob pressão para resolver o novo caso. A expressão facial apresentada por Gyllenhaal é um sinal disso, com um piscar de olhos sempre ativo, frenético, como se o cérebro dele trabalhasse em milhares de coisas ao mesmo tempo.

Auxiliando o trabalho dos atores e de Villeneuve, a bela fotografia de Roger Deakins marca forte presença, utilizando cores sóbrias para criar um ambiente sem vida, desolado, em que o calor e a esperança aos poucos desaparecem. Não à toa, as principais cenas externas em ambientes claros são apresentadas no início, enquanto interiores, noites frias e dias nublados e chuvosos dominam o resto do longa.

Com Os Suspeitos, Villeneuve cria um eficiente suspense baseado na transformação sofrida pelo ser humano frente a uma situação difícil. As tentativas do roteiro em transformar essa rica premissa em algo simplista, como o motivo revelado no final, enfraquecem um pouco o argumento. Mas a interessante e tensa jornada compensa.

Leia mais sobre a cobertura do Festival de Toronto nos links relacionados abaixo.