Tom DeLonge diz que Angels & Airwaves são o que ele queria com o Blink-182

Guitarrista afirmou que tinha uma visão para a banda desde o seu início, mas não pode ver isso concretizado até se dedicar a outro grupo

Redação Publicado em 13/06/2019, às 14h13

None
Tom DeLonge, ex-guitarrista e vocalista do Blink 182 (Foto: Lewis Stickley / PA Wire / AP Images)

Tom DeLonge, ex-Blink-182, disse que o novo disco de sua banda Angels & Airwaves é tudo aquilo que ele imaginou que seria o futuro do grupo de Mark Hoppus e Travis Barker. O músico saiu do Blink em 2015 e alegou diferenças criativas.

Agora, alegou ao NME que conseguiu conquistar seus objetivos com a nova banda. “De várias maneiras, o que o Angels vai apresentar no próximo disco é a minha visão do que era o futuro do Blink. Não que já esteja pronto, mas eu comecei o Blink e eu tinha uma imagem na minha cabeça do que deveria ser no começo e como devia avançar.”

Porém, o guitarrista encontrou problemas em alinhar o ideal com Hoppus e Barker. “Eu não era o dono da banda. Eu tinha parceiros, e a voz de todo mundo é igual. Era como se três caras estivessem tentando dirigir um carro ao mesmo tempo, e isso é demais.”

Embora a visão de seus ex-colegas de banda seja diferente da de DeLonge, ele ainda gostou de “Blame It On My Youth”, faixa lançada no último mês, e mostrou desejo em voltar a tocar com o Blink-182, mas Hoppus disse que essa questão não estava em pauta.

O músico agora trabalha na finalização de um novo LP para Angels & Airwaves, e diz que já está na metade do caminho. A música do projeto vai “voltar às raizes” e ser “muito progressiva” ao mesmo tempo. “Terá muita raiva, guitarras barulhentas e elementeos eletrônicos. Vai ter algumas partes crescentes, e também momentos explosivos que vão fazer você querer quebrar coisas”, garantiu DeLonge.

Ele está feliz com o novo som da banda e o progresso que fizeram depois que Ilan Rubin, ex-Nine Inch Nails, assumiu a bateria. “Ele é um baterista que pode tocar tão bem quanto Travis Barker, e isso é grande coisa, porque acho que Travis é o melhor do mundo todo”, disse o frontman da Angels & Airwaves.

Paralelo à música, DeLonge estreiou na última semana seu programa de TV no History Channel, Undentified: Inside America’s UFO Investigation (Não-Identificado: Por dentro da investigação americana de OVNIs), no qual explora como o governo norte-americano desenvolve, atualmente, um órgão especial para analisar OVNIs

+++ Rocketman, Bohemian Rhapsody e mais: as maiores cinebiografias de todos os tempos