Tom Morello apresenta música de protesto contra assassinato de jovem; ouça “Marching on Ferguson”

Guitarrista mostrou a nova canção em evento beneficente criado por Wayne Kramer, do MC5

Redação Publicado em 08/09/2014, às 10h24 - Atualizado às 17h12

Tom Morello
Owen Sweeney/AP

Tom Morello, como o alter ego dele Nightwatchman, mostrou uma nova faixa chamada “Marching on Ferguson” no show beneficente Rock Out!, da Jail Guitar Doors, na noite de sexta-feira, 5.

Galeria: as 15 separações mais conturbadas do rock. Entre elas, a do Rage Against the Machine.

Como o título sugere, a música que bebe de fontes blueseiras foi inspirada no assassinato de Michael Brown por um oficial da polícia na cidade norte-americana de Missouri. “Carving up that golden calf with a blowtorch and gas mask, I'm marching on Ferguson, I'm marching Tonight”, canta Morello, na canção de pouco mais de dois minutos de duração. Michael Brown era um civil negro que acabou baleado sem motivo aparente pela polícia da cidade de Ferguson, no Missouri, no início do mês de agosto.

Jackson Browne, Ben Harper, Tim Robbins, Jill Sobule, White Fence, Dana Gould e Wayne Kramer (MC5) também participaram do Rock Out!. O evento beneficente teve os fundos revertidos ao Jail Guitar Doors, fundação idealizada por Kramer, e que tem o intuito de reabilitar prisioneiros com instrumentos musicais.

Tom Morello diz que o Jane's Addiction foi "a primeira banda alternativa a mudar a música".

O nome da organização foi criado com base na música homônima da banda inglesa The Clash. O roqueiro Billy Bragg criou esta iniciativa no Reino Unido e, posteriormente, Kramer levou o projeto Jail Guitar Doors aos Estados Unidos.

Ouça a faixa: