Tom Morello chama Bolsonaro de "fascista populista" e Trump de "demagogo de cara laranja"

Músico ainda falou sobre aquecimento global e culpou políticos por problemas atuais

Redação Publicado em 16/07/2019, às 19h26

None
Tom Morello, ex-guiarrista do Rage Against the Machine (Foto: Branimir Kvartuc)

Tom Morellodo Prophets of Rage deu uma entrevista em vídeo ao NME nesta semana e soltou o verbo sobre suas opiniões políticas e nomes pouco lisonjeiros que tem para Donald Trump, o presidente dos Estados Unidos, e também para Jair Bolsonaro, o presidente do Brasil, além de criticar o Brexit.

O músico nunca gostou do presidente de seu país. Inclusive, tem uma guitarra na qual está escrito “f***-se o Trump.” Agora, explicou como acredita que “as pessoas que não acompanham as políticas liberais estão suscetíveis a demagogos.”

+++ LEIA MAIS: Seria o momento ideal para a volta do Rage Against The Machine, diz Tom Morello 

“Acho que isso [são] sintomas do fato das pessoas se sentirem abandonadas por causa da economia global, Donald Trump mostrou um caminho fácil [como solução] - e não só o Trump. Brexit, também, e no Brasil existe no poder um político de extrema direita, um fascista populista.”

“As pessoas que não acompanharam as políticas neoliberais - pessoas brancas da classe média, principalmente - são suscetíveis a demagogos que usam o racismo e a xenofobia para mexer com eles e fazer com que não foquem no problema real que é um sistema que trata mal o planeta. Aqueles que cuidam do planeta não o merecem, e estão o arruinando, criando um ambiente miserável para muitas pessoas.”

+++ LEIA MAIS: Baixista do Jesus and Mary Chain xinga Bolsonaro em prefácio inédito da biografia da banda 

“Uma das razões para tocarmos música há tanto tempo é poder fornecer uma rede de ideais diferente - como políticas progressistas, solidariedade, bom ambiente, anti-racismo e anti-fascismo - como outro jeito de lidar com as iniquidades da vida”, continuou Morello. 

E para o futuro, também não vê esperanças: “em 2028, disseram que todas as geleiras da Índia terão derretido. Então pense nisso, e pense nisso acontecendo no mundo inteiro. Não sobreviveremos a isso. Vai ser horrível. Então devíamos fazer algo”, disse, ainda comentando que os problemas dos EUA são culpa de Trump, a quem chamou de "demagogo da cara laranja."

+++ VÍDEO: Di Ferrero escolhe os melhores de todos os tempos: de Metallica a Charlie Brown Jr.