Tom Zé lança disco gratuito na internet

Danç-Êh-Sá Ao Vivo é carro-chefe do novo portal ÁlbumVirtual, que dará capa e ficha técnica de discos

Por Artur Tavares Publicado em 19/06/2008, às 19h54 - Atualizado em 20/06/2008, às 00h45

Tom Zé e João Marcello Bôscoli inauguram projeto
Fernanda Soares/Still

O cantor baiano Tom Zé lança nesta sexta-feira, 20, o disco Danç-Êh-Sá: A Dança dos Herdeiros do Sacrifício - Ao Vivo no portal ÁlbumVirtual da gravadora independente Trama. O download é gratuito, e além das oito músicas do álbum, inclui artes e encarte em alta resolução (para quem quiser imprimir), além de alguns vídeos (o "extra").

TOM ZÉ E JOÃO MARCELLO BÔSCOLI FALARAM AO SITE DA RS SOBRE A PRODUÇÃO INDEPENDENTE. VEJA

Com mais de quarenta anos dedicados à música, Tom Zé jogou para o alto a estabilidade em grandes gravadoras para conseguir liberdade criativa no final dos anos 90. Em 2000, lançou seu primeiro disco de forma independente pela própria Trama.

Pioneiro no cenário, o tropicalista contou ao site da Rolling Stone que quando foi para a independência, "não tinha nem esperança de que minha música pudesse se enquadrar em alguma gaveta. De repente, o mundo mudou e veio se encontrar com ela".

O projeto ÁlbumVirtual foi constituído a partir dos moldes do download remunerado, forma de distribuição musical implantada pela Trama em 2007: o internauta não paga pelo que está baixando, enquanto os artistas ganham dinheiro dos patrocinadores - estes, expostos nas páginas do portal.

Tom Zé acha que esta é uma forma democrática de download porque "dá segurança" ao usuário. Ele ainda analisa as possibilidades do download remunerado: "Tem o caso da independência completamente independente, completamente abstrata, completamente... deixa eu arranjar uma palavra... louca, que chega e lança como a Mallu Magalhães e os colegas dela, e eles nem precisam de patrocinadores. Na verdade, são eles que vão atrás dela".

"Ninguém mais vai pagar"

João Marcello Bôscoli, presidente da Trama, acha que "ninguém mais vai pagar por músicas" daqui pra frente. Sobre o assunto, Tom Zé diz faz sua própria aposta: "a internet deu um golpe abençoado [nas gravadoras], a música ficou muito mais visível, divulgável e independente no sentido de que as pessoas podem começar suas carreiras ali".

O músico ainda comparou o surgimento da internet ao da imprensa, no século XV: "Já pensou o terror que foi provocado dentro da administração da igreja na hora em que se anunciou a invenção dos tipos móveis de imprensa? Parecia que o mundo ia ficar fora de controle, mas foi só uma benção, porque a cultura ficou mais popularizada, como a música pode ficar ainda".

Cansei de Ser Sexy

Cada disco lançado pelo ÁlbumVirtual ficará disponível para download apenas por um prazo pré-estabelecido. No caso de Danç-Êh-Sá: A Dança dos Herdeiros do Sacrifício - Ao Vivo, serão três meses. Bôscoli contou à reportagem quais são os próximos discos que serão lançados no projeto: "Temos o do Macaco Bong, do Ed Motta e estamos recebendo o novo do Cansei de Ser Sexy".

Sobre o comunicado divulgado na última semana, dizendo que todos os discos da Trama serão disponibilizados gratuitamente, Bôscoli explicou: "O importante na nossa visão é que se você vai lançar uma nova mídia, tem que lançar álbuns novos. Nosso catálogo vai vir na seqüência".

Para acessar o ÁlbumVirtual, clique aqui. Mesmo quem já tem um cadastro no site da Trama, ou no TramaVirtual, precisa se recadastrar no novo portal.