Tommy Lee não vai mais dar autógrafos porque odeia vê-los revendidos na internet depois

O baterista do Motley Crue está desapontado com os fãs que vendem online: "Podem ir se fo**r"

Redação Publicado em 29/04/2020, às 17h13

None
Tommy Lee (Foto: Richard Shotwell/Invision/AP)

Tommy Lee, o baterista do Motley Crue, revelou que não irá mais dar autógrafos, porque depois as pessoas usam esse material para revender no eBay ou em sites onlines, e segundo o músico, quem faz isso "pode ​​ir se fo**r".

+++LEIA MAIS: Tommy Lee, do Motley Crue, viraliza com carta aberta a Donald Trump - que ele nem escreveu

Em uma publicação no Instagram, nesta terça, 28, acompanhada de fotos da assinatura dele em vários produtos, o músico desabafou sobre a decepção com quem revende os autógrafos dele, como conta o Loudwire.

"Mas agora as pessoas estão sendo tão sombrias que estão divulgando seus nomes e revendendo no eBay. Terminei de dedicar meu tempo precioso para que as pessoas tivessem minha assinatura", escreveu na legenda.

+++LEIA MAIS: Tommy Lee se recusa a mudar datas de shows do Motley Crue: ‘Ainda está valendo’

"Aqueles de vocês que têm uma assinatura, espero que gostem e apreciem, e aqueles que estão vendendo podem ir se foder! Não me enviem mais pedidos de autógrafos!", finalizou. 

Os comentários dos fãs na publicação expressam apoio à decisão de Tommy Lee, mas revelam que ficaram tristes por saber que não terão autógrafos. Contudo, em uma resposta a um comentário, o músico disse: "Se você me vir pessoalmente, assino uma parte do corpo."


+++ RUBEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL