Pulse

Trabalhar com um Gallagher “seria a coisa mais legal do mundo”, diz Tom Parker, do The Wanted

O integrante da boy band britânica fala sobre a paixão pelo Oasis, de animações e da histeria dos fãs

Stella Rodrigues Publicado em 06/08/2012, às 11h52 - Atualizado às 12h00

Tom Parker - Wanted
AP

O Wanted lança um EP no Brasil este mês e Tom Parker conversou com a Rolling Stone Brasil para uma matéria publicada na edição 71, agosto/2012. Ele aproveitou para falar também sobre a paixão pelo Oasis, de animações e da histeria dos fãs, que os recepcionam nos aeroportos, hotéis e, claro, nos shows que fazem pelo mundo. “Tentamos viajar sempre com tempo para dar atenção a eles”, diz o cantor.

O assunto Oasis surge sempre que Parker fala da adolescência, época em que ouvia mais rock e era fã do finado grupo liderado pelos irmãos Gallagher. Ele conta que viu Liam de perto uma vez, saindo de um show. “Eu disse ‘oi’, acho que ele não reconheceu quem eu era e me senti como um fã”, lembra, acrescentando que se um dia tivesse a chance de trabalhar ao lado de um deles “seria a coisa mais legal do mundo”.

Comentando A Era do Gelo 4, filme que tem na trilha a faixa “Chasing the Sun”, do Wanted, Parker pontua que “todos crescemos com animação” e que “a franquia é muito bem feita, muito fofa”.

Não que ele próprio tenha no momento qualquer flerte com o cinema, caso de um dos ex-membros de boy band mais bem-sucedidos de que se tem notícia, Justin Timberlake. “No momento, estamos concentrados na música, mas quem sabe no futuro.”