Travis Scott é preso por “incitar tumulto” durante show nos Estados Unidos

Rapper foi detido após apresentação em Rogers, no Arkansas, e foi solto na mesma noite, sem fiança

Redação Publicado em 15/05/2017, às 14h32 - Atualizado às 17h33

Travis Scott em apresentação no festival Coachella, em 2017
Jeff Lombardo/Invision/AP

No último sábado, 13, o show do rapper Travis Scott no Arkansas, nos Estados Unidos, acabou de uma maneira conflituosa. Logo após o fim da apresentação, policiais detiveram o artista por supostamente incitar um tumulto, de acordo com informações do site norte-americano TMZ.

A prisão foi realizada na cidade de Rogers. De acordo o veículo, a ação foi movida por Scott ter colocado o público em perigo, quando encorajou as pessoas a iniciarem um movimento desordenado. Ele foi solto sem fiança por volta das 23h30, mas ainda terá que voltar ao Arkansas para uma audiência.

A polícia de Rogers declarou que Scott disse ao público para se aproximar do palco, ignorando protocolos de segurança envolvidos no processo. Também foi dito que algumas pessoas saíram feridas, incluindo um policial e um guarda. Fontes próximas a Scott informaram ao TMZ que o cantor agiu dessa maneira por haver visto um espaço na frente do palco e, ter pensado assim que poderia convidar o público sentado a vir a frente.

Em 2015, o rapper foi preso pelos mesmos motivos durante a apresentação no festival Lollapalooza, em Chicago, nos Estados Unidos.