Trent Reznor relembra como Bowie o ajudou a enfrentar vício em drogas

O vocalista do Nine Inch Nails fez uma homenagem pessoal e sentimental ao Camaleão do Rock

Redação Publicado em 06/01/2021, às 15h53

None
Trent Reznor e David Bowie (Fotos: Foto: MRossi/Divulgação e Reprodução)

Dois dias antes do aniversário de David Bowie, o Consequence of Sound publicou uma entrevista com Trent Reznor, na qual o músico explica como o Camaleão do Rock o influenciou musicalmente, e como o ajudou em um momento difícil da vida.

Após revelar que "nenhum dos meus amigos era muito fã de Bowie", o vocalista do Nine Inch Nails contou que quando começou a trabalhar no segundo disco da banda, se viu dividido entre dois caminhos possíveis.

+++LEIA MAIS: Trent Reznor divulga cover de música clássica de David Bowie para trilha de Watchmen; ouça

De um lado, ele queria ousar e experimentar sons novos. Mas do outro, considerava manter a fórmula que havia feito sucesso no trabalho de estreia, com o objetivo de garantir a entrada de dinheiro na conta, afinal, "seria bom conseguir pagar a conta de gás".  

"Então eu olhava para o Bowie e pensava: 'Foda-se, isso que é ser artista'. Então teve essa influência de longe, em um nível de fã, sem contar a conexão emocional que eu tinha com as músicas dele."

+++LEIA MAIS: A história estelar por trás de ‘Space Oddity’, a música espacial de David Bowie

Reznor então lembrou de quando, anos depois, recebeu uma ligação do próprio Starman, o convidando para fazer uma turnê.

"Eu tinha acabado de dizer que não conseguiria fazer uma turnê por não sei quanto tempo. Tinhamos acabado de viajar por dois anos e meio, eu estava implodindo. Precisava sair da estrada. Então, 'E ai, quer ir?'. 'Sim, quando vamos?', 'Que tal daqui um mês?', 'Ok, estarei lá'."

+++LEIA MAIS: Encontro histórico de Morrissey e David Bowie é lançado oficialmente; assista

Ele também aproveitou para acrescentar que, durante a turnê, "eu estava em um nível terrível de vício e meio que me afundando. [Bowie] estava do outro lado, ele tinha acabado de sair dessa. Então tiveram algumas momentos de irmão mais velo / pai, nos quais ele me chamava de lado e chamava minha atenção: 'Você precisa se reerguer. As coisas não precisam terminar assim'."

E completou: "ainda penso nele o tempo todo, e ouço as músicas dele constantemente. Sou grato por nossas vidas terem cruzado, e sou grato, independente se ele sabia ou não, pelo quanto me ajudou nos momentos obscuros antes de eu me recuperar. Ainda posso ouvir a voz dele. Ele atravessou as camadas de merda que eu havia criado ao meu redor."


+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


+++ CYNTHIA LUZ | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL