Pulse

Turismo, hospital e Nick Fury: 7 coisas que você não sabia sobre Breaking Bad [LISTA]

Enquanto aguardamos ansiosamente o filme El Camino, relembramos alguns detalhes curiosos sobre o clássico criado por Vince Gilligan

Redação Publicado em 18/09/2019, às 08h56

None
Aaron Paul e Bryan Cranston em Breaking Bad (Foto: Divulgação)

Como El Camino, filme que continua a história de Breaking Bad, vai chegar à Netflixem 11 de outubro, pensamos que seria uma boa hora para resgatar a nostalgia da série e reviver alguns momentos icônicos da jornada de Walter White e Jesse Pinkman.

Mas apenas relembrar momentos do clássico instantâneo dirigido por Vince Gilligan, estrelado por Bryan Cranston e Aaron Paul e exibido no Brasil pela AXN entre 2008 e 2013, não é o suficiente.

Por isso, selecionamos algumas curiosidades que você provavelmente não conhecia sobre a produção.

Leia também a nossa lista das teorias mais sem noção já criadas sobre Beaking Bad.


Turismo em Albuquerque

A série fortaleceu muito o turismo na cidade de Albuquerque, no estado do Novo México, nos Estados Unidos.

Desde disponibilizar no Airbnb uma das casas aonde foram filmadas algumas cenas, confeitarias passarem a fazer doces em formato de metanfetamina azul e até visitações na locações, a cidade recebe legiões de fãs anualmente.


Aaron Paul tem uma cabeça de Gus Fring em casa

Aaron Paul contou em uma entrevista de 2016 que pegou “tudo que podia” do set de Breaking Bad. Na casa em que mora, ele guarda uma cabeça falsa do vilão Gus Fring, a placa do primeiro carro de Pinkman na série, e um dos icônicos chapéus de Heisenberg.


Aparição especial de Nick Fury?

Samuel L. Jackson propôs aos produtores de Breaking Bad uma participação especial como Nick Fury na série, enquanto filmava no Novo México para o MCU.

A ideia do astro era, durante uma cena, entrar na lanchonete Los Pollos Hermanos vestido como o personagem, pedir um lanche e ir embora. Mas o ator disse que os produtores não se interessaram pela ideia.


Site de arrecadação de fundos para Walter White

Finn, filho de Walter White, ao descobrir o câncer de pulmão do pai, cria um site para arrecadar fundos para a cirurgia pulmonar necessária ao tratamento. 

Esse site realmente foi criado durante as filmagens da série. E savewalterwhite.com pode ser acessado até hoje.


A cena mais difícil de Bryan Cranston

Em uma entrevista ao site Indie WireBryan Cranston contou qual foi a cena mais difícil que precisou gravar. E a revelação não chega a ser surpreendente, pois o momento em questão é bem intenso até para os espectadores:

Na segunda temporada, Walter White assiste Jane, a namorada de Jesse Pinkman, morrer afogada no próprio vômito. Cranston contou que imaginou a própria filha no lugar da atriz Krysten Ritter durante a cena, e não conseguiu conter as lágrimas depois do grito de "corta".


Arremesso de pizza em um take

Para a icônica cena do arremesso de pizza, visto na segunda temporada, a equipe havia reservado várias horas para Bryan Cranston fazer a cena, mas ele conseguiu logo no primeiro take.

E o segredo? A pizza não veio fatiada dentro da caixa, fato atípico para as pizzarias dos EUA.


Jesse Pinkman tomou uma surra de verdade

O personagem vivido por Aaron Paul apanha várias vezes ao longo das cinco temporadas da série, e uma delas foi uma surra real.

Em um desses momentos violentos protagonizados por Jesse PinkmanRaymond Cruz, que interpretou o Tuco, arremessou o colega de cena atráves de uma porta, e talvez de forma realista demais: Paul caiu inconsciente no chão, e o agressor não percebeu.

Para completar, Raymond ainda o chutou e o arremessou contra uma parede, enquanto ainda estava inconsciente.

O resultado? Uma visitinha ao hospital por causa da pancada na cabeça.