Kanye West se retrata com Beck por críticas no Grammy 2015

O rapper, através do Twitter, ainda ofereceu uma parceria ao cantor Bruno Mars

Redação Publicado em 27/02/2015, às 12h33 - Atualizado às 14h18

Kanye e Beck

Ver Galeria
(4 imagens)

Kanye West recorreu - mais uma vez - ao Twitter para pedir desculpas ao cantor Beck em relação ao incidente ocorrido no Grammy Awards, em 8 de fevereiro. Após o anúncio que deu o prêmio de Melhor Álbum do Ano ao músico, Kanye West ameaçou subir ao palco para protestar contra a vitória de Beck. O que parecia não passar de uma brincadeira, entretanto, era muito sério. “Eles [a organização do evento] precisam parar de tirar com a nossa cara”, disse West, à época.

Grammy 2015: Paul McCartney, Rihanna e Kanye West levam parceria inusitada ao palco da premiação.

“Beck precisa respeitar a arte e entregar o prêmio para Beyoncé. A essa altura, estamos cansado disso. O que acontece é que quando você fica menosprezando a arte das pessoas – e dando um tapa na cara delas depois que elas entregam amostras monumentais de música –, você está desrespeitando a inspiração”, afirmou ainda.

Kanye West promete gravar com ex-desafeto Taylor Swift.

Após uma péssima repercussão do episódio, o rapper parece ter mudado de ideia: “Estava jantando com Taylor Swift quando, ironicamente, uma música do Beck começou a tocar. Então eu pensei, ‘Isso é muito bom, talvez exista algo de errado nessa história”. Na sequência, ele escreveu: "Quero pedir desculpas ao Beck, publicamente. Sinto muito".

Kanye West divulga faixa de novo álbum durante lançamento de tênis; ouça.

O pedido de desculpas também foi endereçado ao cantor Bruno Mars, com quem Kanye West cultivava uma antiga desavença: “Costumava odiar o Bruno Mars, mas agora respeito o que ele faz como artista”, afirmou o rapper no Twitter. Em uma outra postagem na rede social, West ainda convidou Mars para uma possível parceria.