Pulse

U2 lança vídeo para divulgar a turnê Innocence + Experience

Série de shows começa nesta quinta-feira, 14, em Vancouver, no Canadá

Redação Publicado em 13/05/2015, às 14h07 - Atualizado em 14/05/2015, às 11h39

Bono, vocalista do U2, se apresenta durante evento realizado em Berlim, na Alemanha.
Wolfgang Kumm/AP

A um dia de inaugurar a turnê Innocence + Experience, com estreia marcada para quinta-feira, 14, o U2 lançou um pequeno vídeo para promover a série de shows que começará por Vancouver, no Canadá.

Para baterista do Pink Floyd, Apple “saiu impune” das críticas ao lançamento de Songs of Innocence, do U2.

O clipe mostra os integrantes da banda irlandesa em ação e exibe detalhes do palco que deve usado nas próximas apresentações. Em entrevista ao The New York Times, eles revelaram que o cenário dos espetáculos terá três partes, dois deles no formato das letras “I” e “E”, com uma passarela entre eles simbolizando a passagem da inocência para a experiência.

Assista ao vídeo:

Também será utilizado ao longo da turnê um sistema de som que promete ser inovador, distribuindo a música feita pelo grupo de forma igual para a plateia. As caixas de som devem sair dos tetos dos locais onde eles tocarão. O repertório dos shows mudará conforme as apresentações, sendo a primeira metade sempre fixa e a segunda, imprevisível.

Com Bono recuperado, U2 faz show em estação de metrô de Nova York.

Innocence + Experience passará inicialmente por 20 cidades e 11 países diferentes entre a Europa e a América do Norte, com pelo menos dois espetáculos por local, até o meio de novembro deste ano. 360, última turnê do U2, arrecadou US$ 736,4 milhões em 110 shows realizados.

Para político russo, capa de Songs of Innocence, do U2, é propaganda gay.

No início deste mês de maio, a banda fez a primeira aparição pública, de forma surpresa, no metrô de Nova York, depois de Bono Vox ter sofrido um sério acidente de bicicleta, no final de 2014, na mesma cidade.

Recorde o acidente de Bono

Em novembro de 2014, em um domingo, Bono tentou evitar o choque com outra bicicleta, enquanto andava pelo Central Park, em Nova York, e terminou sofrendo o que os médicos chamaram de um “acidente de bicicleta de alta energia”.

Veja um guia faixa a faixa de Songs of Innocence

Bono foi rapidamente levado ao departamento de emergência do centro médico New York-Presbyterian/Weill Cornell e foi submetido a “exames múltiplos de raio x e tomografia computadorizada”, seguidos por cinco horas de cirurgia.

O músico sofreu diversas lesões, incluindo uma “fratura facial envolvendo a órbita do olho”, três fraturas separadas na escápula do ombro esquerdo e uma fratura no osso úmero esquerdo, na parte superior do braço.

Baterista do Foo Fighters comparou disco do U2 a uma “flatulência”.

Esta última lesão foi particularmente prejudicial, com o osso se partindo em seis lugares diferentes e despedaçando-se pela pele. Na época, o cirurgião Dean Lorch afirmou à Rolling Stone EUA que Bono foi tratado com três placas de metal e 18 parafusos.

Alguns dias depois, o líder do U2 endereçou uma carta aos fãs, via site da banda. Ele afirmou: “A recuperação tem sido mais difícil do que eu imaginava. Enquanto escrevo isso, não está claro se voltarei a tocar guitarra novamente.”

Bono ainda comentou que “as consequências deste acidente maluco são tão sérias que eu terei que me concentrar muito para estar pronto para a turnê do U2”. “Por isso, cancelei todas as aparições públicas e decidi que esta carta é toda a comunicação que posso garantir pela primeira metade de 2015, além de murmurar e cantar para mim mesmo, claro.”