U2 admite “megalomania” no lançamento do disco e mostra primeiro clipe; assista

Songs of Innocence, novo álbum da banda irlandesa, foi distribuído de forma gratuita pela Apple

Redação Publicado em 15/10/2014, às 11h33 - Atualizado às 12h47

Bono (esquerda) Larry Mullen Jr. durante a apresentação realizada no evento da Apple que marcou o lançamento do novo disco do U2, em setembro de 2014.

Ver Galeria
(12 imagens)

O U2 chamou atenção do mundo todo ao lançar, de forma gratuita, o mais novo disco, Songs of Innocence, em parceria com a Apple. A estratégia, contudo, gerou polêmica. Por isso, Bono, The Edge e companhia se desculpam caso alguém tenha se sentido invadido ao perceber a presença das faixas na conta de iTunes. Bono admitiu que houve “um pouco de megalomania, um toque de generosidade e algo de autopromoção”.

O estado da música: capa de aniversário da Rolling Stone Brasil analisa o futuro após o revolucionário lançamento do disco do U2.

Em uma sessão de perguntas e respostas realizada no Facebook, com fãs da banda, o U2 foi questionado sobre o lançamento. “Vocês poderiam nunca mais lançar um disco no iTunes que automaticamente entra na playlist das pessoas? Isso é muito rude”, disse uma pessoa pela rede social.

Veja um guia faixa a faixa de Songs of Innocence

“Oops”, disse o vocalista. “Sinto muito. Eu tive essa linda ideia e fomos carregados por ela. Artistas são propensos a fazer esse tipo de coisa.” Segundo Bono, a banda tinha “um grande medo de que essas músicas nas quais colocamos a nossa vida toda nos últimos anos talvez não fossem ouvidas.”

Assista à sessão de perguntas e repostas da banda:

Post by U2.

Exclusivo: Bono revela os segredos por trás do lançamento surpresa do disco do U2.

Novamente em parceria com o iTunes, o U2 lançou o primeiro clipe do álbum. A faixa escolhida foi “The Miracle (of Joey Ramone)”, o single de lançamento e música que conta, segundo Bono, como foi a experiência de ouvir Ramones pela primeira vez.

Galeria: dez maneiras inusitadas de se lançar um disco.

O vídeo ainda não está oficialmente no YouTube, mas alguns usuários já encontraram uma maneira de disponibilizá-lo por lá – embora seja possível que saia do ar em breve. Por enquanto, assista ao clipe no player abaixo: