U2 não dará álbum de graça

Empresário diz que estratégia do Radiohead não funcionou; internautas fizeram downloads ilegais mesmo com álbum oficialmente disponível

Da redação Publicado em 10/06/2008, às 09h49 - Atualizado às 10h03

A venda de CDs ainda é um grande negócio para o U2
AP

Paul McGuinness, empresário do U2, disse que a banda não fará nenhum lançamento como o Radiohead, que disponibilizou In Rainbows no ano passado na rede - o internauta pagava o valor que achava justo, e se quisesse, podia baixar o álbum de graça.

Para McGuinness, o "tiro saiu pela culatra". "Entre 60% e 70% das pessoas que fizeram o download 'roubaram' o álbum, mesmo ele estando oficialmente disponível de graça", afirmou o empresário em entrevista ao semanário britânico NME.

O próximo álbum de Bono Vox e cia. deve sair em outubro. "Nós trabalharemos com a tecnologia disponível para fazer com que o lançamento seja o mais interessante possível. Mas as vendas físicas do U2 ainda são uma enorme parte do nosso negócio, e nós ainda vendemos muitos CDs", afirmou McGuinness.