U2 pretende vender palco de sua turnê

Banda está em negociações para transformar "a garra" da turnê 360º em anfiteatros

Por Matthew Perpetua Publicado em 28/06/2011, às 20h37

U2 passou pelo Brasil com a turnê 360 em abril de 2011
AP

O U2 anunciou planos de vender a chamada "garra" - o inovador palco de quatro "pernas" que é o pilar da turnê recordista 360º - ao final da maratona de shows. A banda tem três unidades do palco, e está em negociações para instalá-las em diferentes partes do mundo.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil - na íntegra e gratuitamente!

"É nossa intenção reciclar essas coisas para torná-las permanentes e utilizáveis", disse o diretor da turnê Craig Evans, em entrevista à Billboard norte-americana. Evans não foi específico em relação a potenciais compradores, mas disse que as discussões envolvem principalmente a conversão da estrutura para lugares fechados e anfiteatros.

A garra é o maior palco já construído para uma turnê, e inclui uma aparelhagem de som em cada uma de suas pernas, uma tela de vídeo cilíndrica e inúmeros efeitos de luz que pairam sobre o palco. Cada estrutura custou entre US$ 23 e US$31 milhões para ser produzida.