Vacina contra coronavírus é testada com sucesso na Rússia; distribuição deve acontecer em agosto

"A pesquisa foi concluída e provou que a vacina é segura", afirmou Yelena Smolyarchuk, chefe do centro de pesquisas clínicas da Universidade Sechenov

Redação Publicado em 13/07/2020, às 15h09

None
Coronavírus (Foto: CC0/TMaxImumge)

Nesta segunda, 13, a Rússia anunciou que concluiu parte dos testes clínicos necessários para comprovar a eficácia da imunização contra o coronavírus. O país pode ser o primeiro a iniciar a distribuição de uma vacina para a população. 

+++LEIA MAIS: Como o isolamento social afeta a criatividade dos artistas no Brasil?

"A pesquisa foi concluída e provou que a vacina é segura", afirmou Yelena Smolyarchuk, chefe do centro de pesquisas clínicas da Universidade Sechenov. A informação foi divulgada pela agência de notícias estatal TASS. 

+++LEIA MAIS: Como os cinemas vão sobreviver ao isolamento social e à crise do novo coronavírus?

Segundo o diretor da instituição do Centro Nacional de Pesquisa para Epidemiologia e Microbiologia Gamalei — onde a vacina foi desenvolvida — a previsão é que ela entre em circulação civil entre os dias 12 e 24 de agosto.

O passo indica um teste de fase 3: as pessoas que já receberam a vacina ficarão sob supervisão. O Ministério da Saúde russo espera finalizar o processo até setembro, mês em que o país prevê o início da produção em massa por meio de laboratórios privados.

+++LEIA MAIS: Veja o primeiro festival pensado para um mundo pós-pandemia do coronavírus


+++ RAEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO