Vanessa Hudgens diz que mortes por coronavírus são 'inevitáveis', e é criticada por falta de empatia; entenda

Após a repercussão negativa, a cantora fez um vídeo de desculpas, que também não foi muito bem recebido

Redação Publicado em 20/03/2020, às 10h06

None
Vanessa Hudgens (Foto: Reprodução/Instagram)

Com a pandemia de coronavírus, diversos artistas usaram as redes sociais para divulgar métodos de prevenção aos fãs, como Gal Gadot e Arnold Schwarzenegger. Vanessa Hudgens, porém, recebeu diversas críticas após desacreditar a gravidade do COVID-19 e a importância do afastamento social nesse momento.

Em vídeo ao vivo no Instagram, a cantora comentou que as mortes são “inevitáveis”. 

Em conversa com os fãs sobre a possibilidade do isolamento durar até julho, Vanessa demonstrou incredulidade. “Até julho parece [ser] um monte de besteira, desculpa. Mas tipo, é um vírus, eu entendo, eu respeito. Mas, ao mesmo tempo, tipo - mesmo que todo mundo fique doente... Tipo, sim, as pessoas vão morrer. O que é terrível, mas… Inevitável?”, comentou.

Veja o comentário da atriz abaixo, a partir de 00:21. 

+++ LEIA MAIS: Os Simpsons ‘previu’ coronavírus - e até que Tom Hanks ia ficar de quarentena

O vídeo rapidamente viralizou na internet e a cantora recebeu uma onda de críticas nas redes sociais. Na tentativa de se desculpar, Vanessa gravou novos vídeos.

“Descobri que alguns dos meus comentários foram tirados de contexto. São tempos malucos, estou em casa em isolamento e espero que estejam fazendo isso também, em quarentena, sãos e salvos. Não encaro a situação de forma leviana, de jeito nenhum”, explicou. 

Apesar do esforço para esclarecer os comentários polêmicos, o pedido de desculpas em vídeo teve a reação contrária. Sem explicar como os comentários foram “tirados de contexto” e o verdadeiro significado do comentário, a cantora escreveu um novo pedido de desculpas no Twitter. 

+++ LEIA MAIS: 7 maneiras de ser um bom cidadão em época de coronavírus

“Sinto muito pela maneira que ofendi qualquer pessoa (...). Percebi que minhas palavras foram insensíveis e inapropriadas para o momento de nosso país e do mundo agora. Tem sido um chamado de despertar sobre o significado das minhas palavras", escreveu. 

Em resposta ao segundo pedido de desculpas de Vanessa, diversas pessoas enviaram fotos de crianças em grupo de risco. “Oi, Vanessa. Esse é meu filho, também conhecido como uma das ‘mortes inevitáveis’ caso contraia COVID-19, devido a problemas respiratórios. De qualquer maneira, queremos nos desculpar por você estar presa na sua mansão”, escreveu uma mãe.

+++ LEIA MAIS: Doctor Who inspirou nome de departamento de contenção de coronavírus no Reino Unido?

“Essa é minha filha. Ela tem câncer e tal. Queria que as pessoas pensassem… Em pessoas como ela? Seria legal não ter pessoas pensando, ‘ela vai morrer de qualquer jeito, certo?’”, publicou um pai. 


+++ GUNS N" ROSES: 11 FATOS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A BANDA