Paul McCartney participa de evento em benefício a museu da Motown

Músico se apresentou em piano lendário ao lado de Berry Gordy, fundador do selo

Redação Publicado em 01/10/2012, às 15h07 - Atualizado às 17h35

Paul McCartney
AP

Paul McCartney esteve durante o mês passado no museu Steinway Hall, em Nova York, onde deu início a um projeto denominado “Harmony Project”, que pretende colaborar com a manutenção do museu em homenagem à Motown. Ao lado dele esteve Berry Gordy, fundador do lendário selo.

Entrevista: aos 70 anos, Paul McCartney fala sobre suas motivações para compor.

Para o evento, o ex-Beatle colaborou na reforma de um piano de 1877 que fez parte da história do selo, e com ele se apresentou para uma pequena plateia de responsáveis por financiar o museu. Imagens do evento foram postadas pelo próprio músico. (veja o vídeo abaixo). Juntos, o ex-Beatle e Gordy também tocaram “Money (That's What I Want)”, considerada a primeira gravação da Motown, feita em 1959, por Barrett Strong.

McCartney também compartilhou com a plateia a influência da gravadora sobre sua vida. “Quando crescia em Liverpool comecei a sentir a música norte-americana”, disse. “E, de repente, tudo mudou – existia um som que eu nunca tinha ouvido antes. Então compramos gravações como ninguém, e aprendemos com elas.”

O museu da Motown foi fundado em Detroit no ano de 1985 com a missão de manter viva a memória do selo.

Veja o vídeo gravado por Paul McCartney: