Velozes e Furiosos: 4 razões que explicam por que a franquia precisa acabar

O fim da saga divide opiniões, mas separamos alguns motivos que podem justificar a despedida dos personagens

Redação Publicado em 22/04/2020, às 14h59

None
Vin Diesel em Velozes e Furiosos (Foto: Reprodução)

Velozes e Furiosos 9 ainda tem uma estreia prevista, mas o décimo filme da franquia já está sendo desenvolvido. Ao que parece, essa é uma saga que não pretende fazer uma pausa. Com uma legião de fãs, alguns defendem que a produção protagonizada por Vin Diesel ainda não deve dizer adeus. Há, no entanto, aqueles que não aguentam mais e querem que a franquia, enfim, chegue em algum lugar. 

+++ LEIA MAIS: Keanu Reeves em Velozes e Furiosos 9? Roteirista responde

Ao longo dos anos, Velozes e Furiosos mudou de foco. As primeiras produções tinham como farol as corridas de carro. Com o passar do tempo, porém, os automóveis se tornaram apenas o pano de fundo para que outras grandes tramas de ação com armas perigosas fossem criadas. Ao pensar nisso, com base na lista do Screen Rant, separamos 4 motivos que explicam porque a produção precisa chegar ao fim. 

Cada vez mais irreal 

Para uma franquia que inicialmente buscava focar em corridas, as coisas acabaram ficando um pouco estranhas a cada nova produção. Segundo o site, o trailer de Velozes e Furiosos 9 provou que o filme chegará em condições "ridículas" como, por exemplo, ter um avião sugando um carro ou sendo movido como um foguete. "É hora de rezar para que o décimo filme não aconteça na lua e tenha um alienígena como vilão", pontuam. 

+++ LEIA MAIS: Por que Velozes e Furiosos 9 vai mudar toda a linha do tempo da franquia?

Talvez seja a hora de focar em spinoffs

Grande parte dos spinoffs não se tornam um sucesso enquanto a principal franquia estiver em andamento. Talvez, se os produtores focassem em outras narrativas seria possível continuar curtindo a saga, mas sem ser exatamente tão Velozes e Furiosos. Afinal, imaginem só quando chegarmos ao Velozes e Furiosos 20? 

+++LEIA MAIS: Vin Diesel recusa adiar estreia de Velozes e Furiosos 9 por Coronavírus: "Precisamos de filmes agora mais do que nunca"

Toretto é o único protagonista que restou (e nem é tão interessante assim) 

Dominic Toretto, interpretado por Vin Diesel, é o único protagonista que restou. E, os filmes anteriories com ele e Brian como coajduvante nunca receberam boas notas. Todos eles possuem menos de 60% no Rotten Tomatoes e nenhum deles chegou a marca de US $ 1 bilhão nas bilheterias. Então, a menos que outra grande estrela da ação apareça, já sabemos os resultados. 

Segundo a publicação, Vin Diesel também prejudicou o andamento da saga com as brigas públicas que teve com Dwayne Johnson, Tyrese e Michelle Rodriguez.

+++LEIA MAIS: Velozes e Furiosos: Por que Vin Diesel não participou do spin-off Hobbs & Shaw?

Os roteiros deixaram de ser bons 

Com tantos anos de franquia, as tramas passaram a ter buracos. Por exemplo, como Tej Parker (Ludacris) deixou de ser um mecânico para rapidamente se tornar um hacker como o Mr. Robot? Como Brian deixou de ser um policial normal - que jamais seria capaz de vencer uma corrida - para ser um piloto experiente no segundo filme? São várias questões. 

Todos os filmes da saga, com exceção do spin-off Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw (2019), estrelado por Dwayne “The Rock” Johnson e Jason Statham, e aos curtas Turbo-Charged Prelude (2003) e Los Bandoleros(2009), estão disponíveis na Netflix. Veja aqui a ordem correta para assistir aos filmes

+++ LEIA MAIS: Velozes e Furiosos 10 deve ser o último filme da franquia, diz site

+++ SESSION RS: SCALENE TOCA ASSOMBRA