Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Vencedor do Oscar, Paul Haggis é preso por assédio sexual na Itália

Paul Haggis já responde a um processo por abuso sexual nos EUA

Redação Publicado em 20/06/2022, às 11h38

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Paul Haggis (Foto: Martin Dale/Variety)
Paul Haggis (Foto: Martin Dale/Variety)

O roteirista e diretor canadense Paul Haggis, que venceu o Oscar por Menina de Ouro(2004) e Crash: No Limite (2004), foi preso na Itália após ser acusado de abuso e agressão sexual a uma mulher ainda não identificada. A informação foi confirmada à Variety pela promotoria de Brindisi, cidade próxima de onde Haggis foi apreendido.

De acordo com as autoridades, o cineasta foi acusado por uma mulher estrangeira (ou seja, não italiana) de mantê-la em cativeiro e ter relações sexuais durante dois dias na cidade de Ostuni, onde é realizado o Festival de Allora, evento de cinema onde Haggis seria palestrante na edição de 2022.

+++ LEIA MAIS: Paul Haggis sobre Oscar por Crash: "Não votaria no meu filme"

Após as agressões, o diretor teria levado a vítima até o aeroporto de Papola Casale, em Brindisi, deixando-a sozinha por lá nas primeiras horas da manhã, apesar das "suas condições físicas e psicológicas precárias". Por lá, ela foi atendida pela polícia e recebeu primeiros socorros, dirigindo-se ao hospital mais próximo e, logo depois, formalizando a denúncia contra Haggis.

Silvia Bizo, jornalista e uma das organizadoras do festival, confirmou que os realizadores do festival “procederam imediatamente a retirar do evento qualquer participação do realizador” e “ao mesmo tempo, manifestam total solidariedade com a mulher envolvida”.

+++ LEIA MAIS: Russell Crowe fará novo filme de Paul Haggis

Haggis já responde a um processo por abuso sexual nos Estados Unidos. A publicitária Haleigh Breest alega que o diretor a estuprou violentamente após um evento de première em 2013 - e essa denúncia, formalizada em 2018, levou outras três mulheres a fazerem acusações semelhantes contra ele.

Além de Menina de Ouro e Crash, Haggis é conhecido por criar a série Chuck Norris: O Homem da Lei (1993-2001), recentemente reimaginada como Walker. Ele também assinou os roteiros de 007: Cassino Royale (2006), 007 - Quantum of Solace (2008) e Cartas de Iwo Jima (2006).