Venezuela bane Uma Família da Pesada por apologia a drogas

País, que já vetou episódios do Simpson no passado, multará canais que transmitirem desenho de Seth MacFarlane

Da redação Publicado em 28/09/2009, às 15h38

Uma Família da Pesada, desenho animado centrado na família Griffin, será banido da televisão venezuelana por decisão do ministro do Interior e Justiça do país, Tareck El Aissami. Justificativa: "Apologia ao consumo de maconha".

O programa recebeu a sanção final após veiculação de episódio em que Brian (o cachorro falante) começa campanha para legalizar a droga. "Há mensagens subliminares", alegou o ministro, de acordo com o jornal O Globo. Aissami ainda defendeu que atrações na mesma linha são "aparato de propaganda" dos Estados Unidos, que usarão sete bases militares na Colômbia (instalações bastante criticadas por Chávez) para "controlar o mercado de tráfico de drogas".

Os canais que insistirem em transmitir o desenho receberão multas, de valor não informado.

A família de Homer Simpson já era desagrado do governo Hugo Chávez. No ano passado, a emissora Televen escapou da multa ao substituir Simpsons, "má influência para crianças", por reprises de Baywatch após ordem governamental.

Exibido no Brasil pelo canal pago FX e pela Globo, Uma Família da Pesada foi criado há dez anos por Seth MacFarlane. Novas regulações para a TV a cabo da Venezuela podem obrigar canais a transmitir os discursos de Chávez.

O mandatário venezuelano virou queridinho de estrelas (entre elas, Courtney Love) depois de tematizar South of the Border, documentário de Oliver Stone.