Suposta filha de Elvis Presley processa o espólio dele e pede US$ 130 milhões

Sueca que já lançou um livro a respeito afirma, há mais de duas décadas, que é filha do Rei

Matthew Perpetua Publicado em 04/12/2011, às 11h18

Elvis Presley deverá ser interpretado por ator desconhecido em cinebio
Foto: AP

Uma sueca que afirma há mais de duas décadas que é filha legítima de Elvis Presley entrou com um processo contra o espólio do cantor morto pedindo mais de US$ 130 milhões em danos por difamação e estresse emocional.

Lisa Johansen também publicou um livro de memórias intitulado I, Lisa Marie: The True Story of Elvis Presley's Real Daughter, em 1998. O livro ganhou notoriedade na época, mas perdeu força na imprensa quando Johansen se recusou a fazer um teste de DNA para provar o parentesco com Presley. Isso fez com que seu editor a processasse pedindo US$ 50 milhões, por atrapalhar as vendas em potencial do livro. De acordo com documentos registrados para este caso, Johansen afirma que fez o teste DNA com autoridades de Londres no ano passado.

Johansen continua a investir nas acusações de roubo de identidade contra Lisa Marie Presley. Ela entrou com um processo como resposta a uma carta de notificação que recebeu em nome do espólio de Presley, dizendo que suas “afirmações falsas e maliciosas e conduta errônea e ofensiva" não seriam mais toleradas.