Vicky, viúva de Chris Cornell, diz que integrantes do Soundgarden 'nem mandaram mensagem' quando o vocalista morreu

Os integrantes do grupo estão sendo acusados de descaso em documentos judiciais

Redação Publicado em 06/03/2020, às 13h24 - Atualizado às 13h25

None
Chris Cornell e Vicky (Foto: Chris Pizzello/Invision/AP)

Chris Cornell, vocalista do Soundgarden, cometeu suicídio em 2017. E, segundo a viúva do cantor, Vicky Cornell, os integrantes da banda nunca entraram em contato para prestar condolências. "Nem mandaram uma mensagem de texto", conta a viúva.

De acordo com documentos legais obtidos pelo TMZVicky está processando os integrantes do grupo após acusações de atraso no pagamento dos royalties. Ao que os registros indicam, Cornell não havia assinado um acordo de lucros com os parceiros de banda por insatisfação.

+++ LEIA MAIS: Viúva de Chris Cornell, Vicky mostra e-mail tocante enviado pelo músico: "Nada que nos separe vale a pena"

"Ele estava cansado de outras pessoas capitalizarem injustamente dos talentos dele”, descreve Vicky

Além disso, ela também alegou descaso, da parte deles, com ela e a família de Cornell. O músico deixou dois filhos, Toni e Christopher, de 15 e 14 anos respectivamente.  

+++ LEIA MAIS: Integrantes do Soundgarden respondem ao processo aberto por Vicky Cornell contra a banda: 'Não somos donos do nosso próprio trabalho'

Em fevereiro, os integrantes do SoundGarden se defenderam das acusações de Vicky e alegam que não foram avisados do suicídio de Cornell. A banda teria descoberto sobre a tragédia em uma postagem no Facebook


+++ KAROL CONKA NO DESAFIO 'MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO'