‘Viking’ que invadiu Capitólio está há 9 dias sem comer na prisão

Jacob Chansley se recusa a comer por motivos religiosos

Itaici Brunetti | @itaicibrunetti Publicado em 04/02/2021, às 10h44

None
Jacob Chansley (Foto: Win McNamee/ Getty Images)

O norte-americano Jacob Chansley, mais conhecido como "o homem vestido de viking" que invadiu o Congresso dos Estados Unidos em 2020, está sem comer há nove dias na prisão de Washington, D.C. devido à crença religiosa, informou seu advogado, Jake Angeli

De acordo com a determinação do juiz Royce Lamberth, a partir de agora, Jacob Chansley, devoto do xamanismo, receberá alimentos orgânicos durante o período em que ficará na prisão. Segundo o juiz, o preso tem direito à alimentação diferenciada por causa de sua crença religiosa. 

+++LEIA MAIS: Apoiadores de Trump invadem Congresso dos EUA

Não é a primeira vez em que Chansley fica em jejum. Assim que foi preso em janeiro de 2021 e levado à prisão de Phoenix, ele se recusou a comer devido à prática de sua religião. 

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

Chansley, de 33 anos, é integrante da organização de extrema-direita QAnon e já foi visto militando em outros protestos a favor do ex-presidente dos EUA, Donald Trump.

O extremista responderá na Justiça por entrar intencionalmente em qualquer edifício ou terreno restrito sem autoridade legal e entrada violenta e conduta desordenada nos terrenos do Capitólio.

As informações são do UOL. 

+++LEIA MAIS: Jon Schaffer, do Iced Earth, é preso após participar de invasão ao Capitólio


+++ PAI EM DOBRO | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL