Vilão de De Volta Para o Futuro foi inspirado em Donald Trump, diz roteirista

Valentão, falastrão, ricaço e boca grande: Biff Tannen ou Trump dos anos 1980?

Redação Publicado em 28/10/2019, às 19h11

None
Biff Tannen, vilão de De Volta para o Futuro, foi inspirado em Donald Trump (esq.) (Foto 1: AP Photo/Alex Brandon e Foto 2: Reprodução / Universal)

Bob Gale, roteirista de De Volta Para o Futuro, deu uma entrevista ao The Daily Beast  na última semana, e revelou que Biff Tannen, o vilão vivido por Thomas F. Wilson, foi inspirado em Donald Trump.

Agora presidente dos Estados Unidos, em 1985, data de lançamento do filme, Trump era um magnata falastrão e bocudo que não cansava de causar polêmicas e aparecer em tabloides. E daí, Gale viu o que precisava para Tannen.

+++ LEIA MAIS: Kanye West reafirma apoio a Trump: “nunca tomei uma decisão com base na minha cor” 

No primeiro De Volta Para o Futuro, Biff é o chefe de George McFly, pai do protagonista Marty. É um valentão que persegue McFly desde a adolescência. Quando Marty vai ao passado e o muda, Biff acaba, no futuro, trabalhando para a família de Marty. 

Infeliz com sua vida, o vilão usa a Parte II da trilogia para roubar a máquina do tempo, viajar ao passado, encontrar o “eu adolescente” dele e, com a ajuda de um livro de resultados esportivos, fazer apostas certeiras pelos anos seguintes - e se tornar milionário.

+++ LEIA MAIS: Queen obriga Trump a tirar vídeo com We Will Rock You do ar; uso da música não foi autorizado 

É essa versão milionária que é dupla de Trump. Desde as atitudes até o visual, tudo lembra o presidente norte-americano. Uma cena, especificiamente, tem tudo a ver: “Quando você assiste à Parte II novamente, tem uma cena onde Marty confronta Biff em seu escritório,” relembrou Gale na entrevista. “Há um grande retrato de Biff na parede atrás dele, e tem um momento onde o Biff meio que levanta e faz exatamente a mesma pose que o retrato? Pois é.”

Reveja a cena: