Vince Gilligan fala sobre o fim de Breaking Bad: “Vai ter sangue”

Criador da série compartilhou suas expectativas para os últimos oito episódios da atração

Rolling Stone EUA Publicado em 13/06/2013, às 13h58 - Atualizado às 14h06

Breaking Bad
Reprodução

Vince Gilligan promete que o final de Breaking Bad vai ter muito sangue, tensão e um desenrolar psicológico.

“Vai ter relações antagonistas de sobra”, disse o criador e showrunner da atração em entrevista ao site da revista Entertainment Weekly, e acrescentou que o protagonista, Walter White (Bryan Cranston), tem “muita luta. E tem muitas forças para lutar. Você já encontrou algumas delas. Outras ainda não.”

Galeria: relembre momentos decisivos de Breaking Bad.

Gilligan não soltou nenhum spoiler sobre quem Walt vai enfrentar, embora saibamos que seu cunhado, o agente Hank Schrader (Dean Norris), o perseguirá depois de descobrir evidências no banheiro do ex-professor de química.

Sobre Walt, Gilligan afirma ainda que o anti-herói vai ter finalmente que lidar com as consequências de seu grande poder: sua habilidade de mentir, especialmente para si mesmo. “Então nestes últimos oito episódios, talvez as mentiras vão deixar de encontrar ecos e começar a se distanciar dos olhos de Walt”, afirmou. “E quando isso acontece, será que ele vai começar a perceber quem é? Esta é a questão que nos perguntamos muito na sala de roteiristas”.

Embora Gilligan diga que “haverá muito sangue”, o criador está mais animado para os muitos momentos emocionais deste final. “Eu surpreendi a mim mesmo sobre o quanto sobrou ainda da história para se contar e o quão rápido temos que fazê-lo. Você precisa se acalmar no sofá e prestar bastante atenção porque está indo veloz e furioso nestes últimos oito episódios.”

O nervosismo sublinha a excitação de Gilligan para a temporada final de Breaking Bad, que ele espera que dará aos fãs um final satisfatório. “Estou otimista de que conseguimos isso”, diz. “E além, tentando ser modesto, tentando revelar o menos possível, sinto que este final representa, em alguma instância, mesmo que pequena, alguma vitória para Walter White. Veja nisso o que você quiser. E tente ser o mais aberto possível quando assistir a este episódio, porque pode não soar como uma vitória. Ou talvez soe.”