Vingadores: Ultimato pode não superar bilheteria de Avatar; entenda

Mesmo com o relançamento nos Estados Unidos, o filme da Marvel não deve atingir o sucesso de Avatar

Redação Publicado em 30/06/2019, às 15h31

None
Vingadores: Ultimato (Foto: Reprodução)

Vingadores: Ultimato ganhou US $ 5,5 milhões em um fim de semana na América do Norte, segundo a Forbes, e segue na sua corrida para desbancar Avatar no topo de filme mais bem-sucedido em bilheteria na história.

Seu décimo final de semana subiu cerca de 189% do faturamento bruto de US$ 1,9 milhão em relação à semana anterior. O filme já arrecadou US$ 841,3 milhões desde a estreia com US$ 357 milhões no final de abril. Então, sim, Vingadores: Ultimato  deu certo. Mas não foi exatamente como os fãs do Universo Cinematográfico da Marvel estavam esperando.

+++ LEIA MAIS: Depois de Vingadores: Ultimato, o que esperar do Universo Cinematográfico da Marvel?

O filme ganhou um relançamento nos cinemas norte-americanos, com algumas cenas extras, no entanto, mesmo com o novo fôlego graças, Ultimato não deve conseguir desbancar Avatar com a maior bilheteria da história do cinema.

+++ LEIA MAIS: Capitã Marvel ou Mulher-Maravilha, qual é a heroína mais poderosa dos quadrinhos?

A nova entrada do filme, que conta com uma introdução do co-diretor Anthony Russo, uma cena deletada do Hulk, uma homenagem para Stan Lee e uma prévia de Homem-Aranha: Longe de Casa, teve um aumento de US$ 2,3 milhões.

Com um faturamento global de US$ 2,761 bilhões, essa reedição não será suficiente para superar o topo mundial de US$ 2,788 bilhões de Avatar.

+++ Spoiler: Veja detalhes sobre as cenas extras da nova versão de Vingadores: Ultimato

Além disso, segundo o DeadlineAvatar teve muito sucesso fora do mercado americano e chinês. Com altas bilheterias, principalmente na França e no Japão, com cerca de US$175,6 milhões e US$172 milhões respectivamente. Em comparação a Ultimato, nesses dois países, o filme não arrecadou nem a metade desse valor. 

+++ LEIA MAIS: Tom Holland escolhe herói favorito da Marvel para se unir ao Homem-Aranha

Por um lado, o hype em torno de Homem-Aranha: Longe de Casa, pode ajudar a Vingadores: Ultimato a ser um grande negócio e mantê-lo por mais tempo. Mas também fazer o efeito reverso e apenas desbancar o filme. 

+++ De Emicida a Beyoncé: Drik Barbosa escolhe os melhores de todos os tempos