Vinil raro da Motown é leiloado pelo equivalente a R$ 82 mil

É o recorde mundial em valor pago por um disco; compacto do cantor Frank Wilson, de 1965, tem duas músicas

Da redação Publicado em 04/05/2009, às 20h18

Um vinil do cantor norte-americano Frank Wilson, da gravadora Motown, foi arrematado por £ 25,7 mil (cerca de R$ 82 mil), em leilão realizado pelo site Rare Soul Man na semana passada, na Inglaterra. É o recorde mundial em valor pago por um vinil.

Depois de 70 lances de diversos interessados, um colecionador anônimo levou para casa o compacto de sete polegadas - uma das duas cópias conhecidas no mundo. A obra contém o single "Do I Love You (Indeed I Do)" e o lado B "Sweeter As The Days Go By", de 1965. De acordo com a BBC, a raridade do exemplar se explica pelo episódio em que o dono da gravadora, Berry Gordon, optou por não lançar o compacto - à época, Gordon preferiu usar Frank Wilson como compositor e produtor de outros artistas da empresa, como The Supremes e Temptations. Os discos fabricados foram, então, destruídos.

John Manship, responsável pelo Rare Soul Man, especializado em raridades do soul, informou à rede de notícias que a cópia colocada à venda foi comprada em 1997 pelo DJ inglês Kerry Burrell, por cerca de £ 15 mil. "Eu consegui um autógrafo do cantor no disco há oito anos, e pensei que, pelo fato dele ter escrito 'para Kenny', não conseguiria qualquer compra considerada valiosa", afirmou Burrell, mostrando-se surpreso com o valor atingido no leilão.

"Do I Love You (Indeed I Do)" foi lançada posteriormente em uma coletânea da Motown, no final da década de 1970. Depois disso, a faixa apareceu ainda em outras compilações e na Motown 50 (2009), em comemoração aos 50 anos da gravadora.