Pulse

Violência de Game of Thrones foi inspirada por morte de tartaruga, revela George R. R. Martin

O autor tinha uma relação muito forte com os animais de estimação

Redação Publicado em 29/11/2019, às 17h38

None
George R.R. Martin (Foto: Matt Sayles/ Invision/AP)

George R.R. Martin revelou a inspiração bizarra para as cenas violentas de Game of Thrones e os detalhes por trás da obsessão da série pela morte. E, tudo devido às tarturagas de estimação dele.

Durante uma conversa no Hall da Fama de Nova Jersey, Martin falou sobre como lidar com as perdas das tarturgas durante a infância afetou os livros escritos por ele.

+++LEIA MAIS: Game of Thrones: Jason Momoa defendia Emilia Clarke em gravações de cenas abusivas de sexo

O autor contou que tinha um grande número de tartarugas de estimação quando criança e revelou que as mortes dos animais o levaram a inventar fantasias absurdas sobre os falecimentos.

"Eu não acho que a comida que eles dão a você - os pequenos agitadores de comida de tartaruga - eram realmente muito nutritivos. Então, minhas tartarugas estavam sempre morrendo, o que partia meu coração, e eu tive que apresentar algumas explicações sobre o motivo de estarem morrendo", explicou.

+++LEIA MAIS: 7 séries para superar o fim de Game of Thrones [LISTA]

Ele continuou: "Eu decidi que eles estavam se matando e moravam em um castelo. Obviamente eram cavaleiros, reis e príncipes, e eles estavam competindo pelo trono da tartaruga, então eles estavam se matando".

Em novembro de 2018, Martin também falou sobre o assunto em uma entrevista ao The Late Show com Stephen Colbert: "Eu amo tartarugas, minha carreira literária começou com as tartarugas. Eu vivia em Nova Jersey, em um projeto de residências do governo. Não eram permitidos nem cachorros nem gatos. Então os únicos animais de estimação que eu podia ter eram tartarugas. Eu tinha um castelo de brinquedos grande o suficiente para acomodar com folga duas tartarugas."

+++LEIA MAIS: Game of Thrones: 5 vezes que choramos no penúltimo episódio [LISTA]

"O problema deses animaizinhos em cativeiro é que eles morrem muito rápido. Eu as alimentei com comida especial, eu estava fazendo tudo certo, então não conseguia compreender porque elas estavam morrendo. Não era minha culpa. Então eu inventei que elas estavam competindo pelo Trono das Tartarugas. Elas estavam competindo para ver quem seria o Rei das Tartarugas. Essa foi a minha primeira fantasia. Ela precedeu Game of Thrones em muitos anos", finalizou o autor.