Violoncelista italiano Federico Puppi lança disco em show com Maria Gadú e Lui Coimbra

Músico se apresenta noa dia 8 de dezembro, no Rio de Janeiro

Redação Publicado em 06/12/2015, às 11h00

Federico Puppi e Maria Gadú
Divulgação

O violoncelista italiano Federico Puppi lança seu primeiro disco solo, O Canto da Madeira, com participações especiais de Maria Gadú e Lui Coimbra, durante um show na próxima terça-feira, 8, às 21h, no Oi Futuro, Rio de Janeiro.

Veja as capas das 100 primeiras edições publicadas pela Rolling Stone Brasil.

“Depois de anos de espera, amadurecimento, esquecimento e descobertas, nasce o meu primeiro álbum autoral e inédito”, diz o violoncelista em comunicado à imprensa.

Galeria: 15 discos nacionais lançados no primeiro semestre deste ano que você deve ouvir.

Disco e apresentação são fruto de uma mistura sonora contemporânea: um violoncelo alemão de 150 anos, melodias pop, ritmos brasileiros, flertes com o rock, com o jazz e com a música eletrônica.

O conceito de um álbum “cantado pelo violoncelo” deu nome ao registro e norteia a obra de Puppi, que estuda o instrumento desde os quatro anos. “Brinco dizendo que é esse violoncelo cheio de histórias quem me toca”, explica.

Fugindo da crise europeia, o músico se mudou para o Rio de Janeiro em 2012, tocando com o Caio Prado, além de pertencer à banda fixa de Maria Gadú. Juntos, produziram o recente Guelã, indicado ao Grammy Latino como melhor álbum de MPB.

“Sempre tive a necessidade de fazer o meu som, com as minhas músicas. Esse desejo aumentou nos últimos anos, quando vi a minha carreira de instrumentista deslanchar”, conta Puppi.

Federico Puppi

08 de dezembro, terça-feira, às 21h

Oi Futuro - Rua Visconde de Pirajá, 54 - Ipanema, Rio de Janeiro

Ingressos: R$ 20

Informações: (21) 3131- 9333