Vips sai vencedor do Festival do Rio 2010

Filme levou quatro prêmios, inclusive de melhor ficção, na cerimônia realizada na última terça, 5; veja todos os vencedores

Da redação Publicado em 06/10/2010, às 14h40

Karine Teles recebe o prêmio de melhor atriz

Ver Galeria
(3 imagens)

Na cerimônia oficial de encerramento do Festival do Rio de 2010, realizada na última terça, 5, o grande nome da noite foi o filme Vips, dirigido por Toniko Melo e protagonizado por Wagner Moura. A produção faturou quatro prêmios.

O júri oficial, formado por Bruna Lombardi, Jorge Sanchez, Léo Monteiro de Barros, além de seu presidente, Gustavo Dahl, considerou a obra o melhor longa-metragem de ficção. Além disso, os atores Wagner Moura, Jorge D'Elia e Gisele Fróes foram premiados nas categorias de melhor ator, melhor ator coadjuvante e melhor atriz coadjuvante, respectivamente.

Vips, que fez sua estreia no Festival, é baseado no livro VIPs - Histórias Reais de Um Mentiroso, de Mariana Caltabiano. Ele narra a história real do golpista Marcelo do Nascimento, que se passa por várias pessoas diferentes e chega até a se tornar piloto do narcotráfico para realizar seus sonhos, até que é pego em uma das farsas e acaba preso. No final do mês passado, um primeiro teaser do filme foi divulgado (assista aqui).

Outros troféus importantes da noite foram entregues ao cineasta Charly Braun, pela direção de Além da Estrada; para a documentarista Flávia Castro, pelo seu trabalho em Diário de uma Busca; à Karine Teles, atriz principal de Riscado, e Geral, de Anna Azevedo, que recebeu o prêmio especial do júri.

O chamado Trofeu Redentor entregue pelo corpo de jurados do Festival é concedido em 11 categorias. Além desses prêmios, existem ainda mais três de voto popular, um especial do júri e o Trofeu Novos Rumos. Veja abaixo todos os vencedores.

Festival do Rio 2010

Curta-metragem - voto popular

Um outro ensaio, de Natara Ney

Curta-metragem - júri

Vento, de Marcio Salem

Prêmio especial do júri

Geral, de Anna Azevedo

Mostra Novos Rumos

Paranã-Puca, Onde o Mar se Arrebenta, de Jura Capela

Melhor atriz coadjuvante

Gisele Fróes, Vips

Melhor ator coadjuvante

Jorge D'elia, Vips

Melhor roteiro

Marcelo Laffitte, Elvis & Madonna

Melhor montagem (edição)

Boca do lixo, por Vânia Debs

Melhor fotografia

Boca do lixo, por Adrian Terrido

Melhor documentário - voto popular

Positivas, de Susanna Lira

Melhor documentário - júri

Diário de uma busca, de Flávia Castro

Melhor atriz

Karine Teles, por Riscado

Melhor ator

Wagner Moura, por Vips

Melhor direção

Charly Braun, por Além da estrada

Melhor ficção - voto popular

O senhor do labirinto, de Geraldo Motta e Gisella de Mello

Melhor ficção - júri

Vips, de Toniko Melo