Virada Cultural 2013: veja como funcionará o esquema de transporte público durante o evento

Ônibus e metrô são as melhores opções para quem quiser acompanhar a muitas atrações no centro de São Paulo

Redação Publicado em 17/05/2013, às 12h06 - Atualizado em 18/05/2013, às 12h26

Gal Costa
Divulgação

Durante a Virada Cultural, carro não tem vez no centro de São Paulo. Avenidas como São João e outros arredores da Praça da República, do Largo do Arouche e da Estação da Luz são bloqueados para veículos e transitados apenas por quem está a pé. Por isso, a melhor opção para acompanhar a extensa programação que dura 24h a partir das 18h deste sábado, 18, é o transporte público, que recebe reforço durante o fim de semana. Conheça as opções a seguir.

Virada Cultural 2013: siga o roteiro da Rolling Stone Brasil

Metrô

Se há um lugar em que o paulistano é bem-servido de estações de metrô é no centro. A linha 3-Vermelha atravessa a área onde estão os palcos com as estações Anhangabaú, República e Sé, nesta última por onde passa também a linha 1-Azul, que pode ser utilizada pelo público da Virada também nas estações Luz e São Bento.

Além destas, todas as 64 estações da malha metroviária paulistana funcionarão desde às 4h40 do sábado até 0h de segunda-feira. As operadoras recomendam, entretanto, que os usuários comprem as passagens antecipadamente, já que o fluxo é grande durante o evento.

"A Virada Cultural pode ser um evento nacional", diz prefeito Fernando Haddad

Ônibus

Uma linha especial foi criada pela prefeitura especialmente para o evento. Com o letreiro “Virada Cultural”, os ônibus vão circular por quatro terminais no centro desde o início da programação e sem parar durante a madrugada.

Outras 44 linhas que passam pelas regiões próximas ao evento vão funcionar durante a noite. Outras 28 vão fazer integração com o metrô, enquanto 121 linhas terão percurso alterado devido ao bloqueio em vias do centro.