Virada Cultural 2016: festival terá shows de Ney Matogrosso, Elza Soares e Criolo

Evento organizado pela Secretaria Municipal da Cultura acontecerá em 21 e 22 de maio, com adição de um “happy hour” na sexta, dia 20

Redação Publicado em 13/05/2016, às 17h00 - Atualizado às 17h11

Ney Matogrosso
Daryan Dornelles

Como já era esperado, a Virada Cultural deste ano será reduzida, mas o evento da Secretaria Municipal da Cultura de São Paulo manterá uma programação robusta, com a adição de uma espécie de “happy hour”. Além das 24h de programação regular, entre os 21 e 22 de maio (sábado e domingo), o festival organizará um “esquenta” na sexta-feira, 20, com atrações no centro da cidade, entre as 17h e as 23h.

Entre as maiores atrações estão nomes como Ney Matogrosso, que abre o Palco Júlio Prestes, o principal do festival, às 18h de sábado, 21. No Júlio Prestes também tocam Baby do Brasil (em show com Armandinho), Alcione (pela primeira vez na Virada Cultural), Criolo e Nação Zumbi (com a banda suíça The Young Gods). Diferentemente dos últimos anos, quando palco principal tinha 24h ininterruptas de shows, as apresentações vão acabar por volta de 1h da madrugada e voltar às 12h de domingo, 22.

O Placo São João, também no centro, será dedicado às mulheres, com shows de Elza Soares, Céu, Clarice Falcão, Elba Ramalho, Teresa Cristina, Ellen Oléria, Maria Rita e Valesca Popozuda. O Theatro Municipal voltará a ter discos clássicos apresentados por seus criadores. Este ano, Erasmo Carlos, tocará Carlos, Erasmo (1971), Hyldon, Na Rua, Na Chuva, Na Fazenda (1975), Geraldo Azevedo, Bicho de 7 Cabeças (1979), e Wanderléia, Feito Gente (1975).

No total, serão mais de 700 atrações culturais espalhadas pela cidade – 2016 será o primeiro ano com participação de todas as subprefeituras –, como usual, com maior concentração no centro. Além da inclusão de CEUs, centros culturais, teatros e bibliotecas, serão feitos cinco palcos divididos entre as zonas norte, sul e leste da cidade, nos quais tocarão nomes como Mano Brown, Emicida, Nação Zumbi, Gaby Amarantos, NX Zero, Elba Ramalho e Chico César.

O músico gaúcho, ícone da psicodelia nacional, Júpiter Maçã, ganhará um tributo com participação de Rogério Skylab, Wander Wildner e Plato Divorak, entre outros, no palco Rio Branco. No mesmo local, tocam também Camarones Orquestra Guitarrística, Plebe Rude, Pin Ups, Violeta de Outono, Cidadão Instigado, Cícero, Duda Brack, Detonautas e Matanza.

O Vale do Anhangabaú receberá um palco dedicado a musicais, com uma escalação que dá espaço a Gilberto Gil – Aquele Abraço, O Musical, Elis, A Musical, SamBRA – 100 Anos de Samba, Dzi Croquettes, Raia 30 – O, Meu Amigo Charlie Brown e Um Musical da Broadway.

O Happy Hour acontece entre a Avenida Ipiranga e a Praça da Sé, com dez pontos espalhados recebendo eventos musicais e visuais. A Casa de Francisca, tradicional espaço cultural de São Paulo, abrigará, no Palacete Tereza Toledo Lara, shows de Ná Ozzetti, Arrigo Barnabé, Luiz Tatit, Kiko Dinucci, Siba, Juçara Marçal, Rodrigo Campos e Romulo Fróes, entre outros.

Veja abaixo os maiores destaques da programação (para o line-up completo, acesse o site da Virada)

Palco Júlio Prestes

18h – Ney Matogrosso

21h – Alcione

23h – Baby do Brasil e Armandinho

12h – OSESP toca Villa-Lobos, Stravinsky e Ravel com regência de Isaac Karabtchevsky

15h – Criolo

18h – Nação Zumbi e The Young Gods (Suíça)

Palco São João

18h – Yusa (Cuba)

20h – Ellen Oléria, Sandra Belê e Khrystal

22h – Valesca

0h – Elza Soares

2h – Céu

5h – Lei Di Dai

8h – Clarice Falcão

11h – Elba Ramalho

14h – Teresa Cristina

17h – Maria Rita

Palco Rio Branco

18h – Camarones Orquestra Guitarrística

20h – Plebe Rude

22h – Pin Ups

0h – Tributo a Júpiter Maçã com Rogério Skylab e Wander Wildner, entre outros

3h – Violeta de Outono

5h – Cidadão Instigado

8h – Cícero

11h – Duda Brack

14h – Detonautas

17h – Matanza

Palco dos Musicais (Vale do Anhangabaú)

18h – Gilberto Gil – Aquele Abraço, O Musical

21h30 – Elis, A Musical

1h – SamBRA – 100 Anos de Samba

3h30 – Dzi Croquettes

13h – Raia 30 – O musical

17h – Meu Amigo Charlie Brown, Um Musical da Broadway

Palco Barão de Limeira

19h – Félix Robatto convida Pinduca

21h – Figueroas

23h – Gaby Amarantos

1h – Mitu (Colômbia)

3h – El Remolon (Argentina)

5h – Uaná System

9h – Fafá de Belém convida Mestre Solano

11h – Saulo Duarte e a Unidade

14h – Academia da Berlinda

17h – Cumbia All Star (Perú)

Palco Arouche

18h – Concurso Rainha da Virada

21h – Yara Sofia

22h – Fat Family

0h – Beto Barbosa

3h – Verônica Decide Morrer

5h – Buchecha

9h – Trio Los Angeles

11h – Jane Herondy

13h – Genival Lacerda

15h – Metro

17h – Roberta Miranda

Palco Patriarca

18h – Mestre Gennaro

20h – Luiz Wilson e Fatel Barbosa

22h – Trio Nordestino

0h – Cezzinha (com Terezinha do Acordeon)

2h – Forroçacana

4h – Trio Dona Zefa

6h – Walkyria

8h – Trio Macaiba

10h – Caju e Castanha

12h – Coutto Orchestra

14h – Trio Xamego

16h – Bicho de Pé

Palco Alfredo Issa

18h – The Loop Lab (Austrália)

20h – Jaloo

22h – Marina Lima e Strobo

0h – Erica Alves & Serge Erege

2h – Grassmass feat. Thomas Harres

4h – Síntese, Akilez, Kiko Dinucci e Thiago França

6h – Bike

Theatro Municipal

19h – Hyldon apresentando Na rua, na Chuva, na Fazenda (1975)

23h – Wanderléia apresentando Feito Gente (1975)

3h – Amelinha apresentando Frevo Mulher (1979)

11h – Concerto Orquestra Experimental de Repertório

15h – Erasmo Carlos apresentando Carlos, Erasmo (1971)

18h – Geraldo Azevedo apresentando Bicho de 7 Cabeças (1979)

Palco República

19h – Dianne Reeves (EUA)

22h – Violentango (Argentina)

1h – Bixiga 70

4h – Mestres da Soul: Black Rio, Tony Tornado, Lady Zu, Di Melo e Carlos Dafé

7h – Rashid

10h – MC Bin Laden

13h – Ponto de Equilíbrio

16h – Edmond Mondesir (Martinica)

Largo Paissandú

18h – Afoxé Obá Inã

19h30 – Jongo Dito Ribeiro

20h30 – Inimá dos Reis - Folias e Folguedos

21h30 – Samba do Cururuquara

23h – Samba da Dona Aurora

0h30 – Grupo Candearte

2h – Jongo de Embu das Artes

3h30 – Umoja

5h – Afoxé Omo Korin

06h30 – Samba de Roda da Nega Duda

8h – Moçambique São Benedito do Belém

9h – Teatro Popular Solano Trindade - Maracatu

10h – Congada de Santa Efigênia

11h – Samba Lenço de Mauá

12h – Os Favoritos da Catira

13h – Dinho Nascimento

14h – Grupo Cupuaçu

15h – Mestre Ananias e o Samba de Roda "Garoa do Recôncavo"

16h – Banda de Pífanos de Caruaru

17h – Grupo Bongar

Palco Princesa Isabel

10h – Eduardo Gudin

12h – Sampagode convida Leci Brandão

16h – Arlindo Cruz

18h – Dona Ivone Lara (com Monarco, Fabiana Cozza, Graça Braga, Tobias da Vai Vai e Elizeth Rosa)

11h – Samba de Rainha

13h30 – Sambadas

16h – Samba Delas

Palco M'boi Mirim

17h – Sarau Preto no Branco - 4P Sistema de Som

18h – Camila Brasil

20h – Partido B.O.

22h – Nação Zumbi

17h – Gaby Amarantos

Palco Parelheiros

16h – Fabiano do Gueto

17h – Rosa Morena

18h – Pagode da 27

20h – Mauro Diniz

22h – Reinaldo – O Príncipe do Pagode

17h – Emicida

Parque do Carmo

11h30 – Odisseia das Flores

13h – De Menos Crime

15h – Clarice Falcão

11h – Palavra Cantada

17h – NX Zero

17h – Elba Ramalho

Jardim Helena

15h – Causa Polêmica

16h – Família Amizade Verdadeira

17h – Vozes da MPB, Célio Souza, Joselo Amaro e Yaya Ya Bonneges

18h – Medida Salvadora

19h – Engrenagem Urbana

20h – Banka Terror

20h30 – Maskavo Roots

21h30 – Carlão, Guerreiro da Leste e D'j Bibi

22h – Chico César

15h30 – EMIC'S Nene, Magrão, Rex e Pikines

16h15 – Criminal Rap e Mick Azauski

17h – Mano Brown