Virada Cultural: filas e desorganização marcam início das atividades no Minhocão

Multidão derruba barreira a fim de conseguir porção servida pelo chefe Alex Atala; apenas 500 senhas seriam distribuídas

Gus Lanzetta Publicado em 06/05/2012, às 00h27 - Atualizado às 14h14

Fila quilométrica se formou no Minhocão no evento Chefs na Rua

Ver Galeria
(4 imagens)

Milhares de pessoas se aglomeram no Minhocão com o intuito de conseguir provar um prato feito pelo famoso chef Alex Atala. A organização distribuiria apenas 500 senhas gratuitas para entrada no espaço onde será servida a galinhada feita pelo dono dos restaurantes D.O.M. e Dalva e Dito, mas a multidão derrubou a barreira que continha o público.

O prato deveria ter começado a ser servido à 0h. No entanto, a confusão no local atrasou o roteiro. À 0h20, a organização ainda tentava verificar a melhor forma de distribuir o prato, já que o número de pessoas é muitíssimo maior do que as 500 porções disponíveis.

O Chefs na Rua, como é chamado o espaço montado no Minhocão, terá a participação de diversos outros chefs durante a Virada Cultural, entre eles Erick Jacquin (que começa a servir vinho e sopa de cebola a partir das 2h deste domingo, 6), Dagoberto Torres e Renato Carioni. As porções custarão até R$ 15.

Atualização

A galinhada começou a ser servida por volta da 0h40 deste domingo, 6 - aleatoriamente, já que depois da confusão as senhas acabaram não sendo distribuídas. À 1h28, todas as 500 porções já haviam sido servidas. Pouco antes disso, a polícia chegou ao local para conter o tumulto.

Virada Cultural 2012: um roteiro das melhores atrações musicais do evento.