Viúva de Ian Curtis sentiu “raiva” e “humilhação” ao descobrir que “Love Will Tear Us Apart” fala sobre ela

Deborah Curtis fez a revelação no livro Tocando a Distância – Ian Curtis & Joy Division

Redação Publicado em 12/10/2014, às 12h13

O ex-vocalista do Joy Division, Ian Curtis

Ver Galeria
(4 imagens)

Deborah Curtis, a viúva do ex-vocalista do Joy Division, Ian Curtis, afirma ter sentido “raiva” e “humilhação” quando descobriu que “Love Will Tear Us Apart”, hit da banda, a tinha como assunto principal da letra. A revelação está no livro Tocando a Distância – Ian Curtis & Joy Division, que teve um trecho publicado pela revista britânica NME.

Artista “recria” 20 bandas icônicas – entre elas, o Joy Division – usando LEGO.

“Como eu me senti quando [o empresário] Rob Gretton me disse que ‘Love Will Tear Us Apart’ era sobre mim? Fiquei com raiva, senti-me humilhada”, escreve Deborah. “Fui explorar os manuscritos dele, atrás de evidências de que era realmente isso”. “O fardo de ele procurar um jeito de externar o que estava acontecendo com a vida dele deve o ter feito ir até o âmago”, acrescenta.

Crítica: Tocando a Distância – Ian Curtis & Joy Division.

Deborah ainda conta sobre como ela conheceu Ian e relata as reações do ex-marido quando foi diagnosticado com epilepsia. “Ele passou a ficar mais rancoroso em casa, como se tocar no assunto da doença a tornaria mais real”, afirma ela, em outro trecho. Tocando a Distância – Ian Curtis & Joy Division foi lançado no Brasil pela editora Ideal.