Viúva de Robin Williams fala sobre o 'monstro invisível' que perseguiu o ator nos últimos meses de vida

Susan Schneider Williams deu detalhes sobre a doença neurológica Lewy Body Dementia, com a qual o astro foi diagnosticado após a morte

Redação Publicado em 01/09/2020, às 17h28

None
Susan e Robin Williams (Foto: Theo Wargo/Getty Images)

Susan Schneider Williams, viúva de Robin Williams, deu uma entrevista ao Today na qual falou abertamente sobre as dificuldades enfrentadas pelo marido nos últimos meses de vida dele.

O astro se suicidou em 2014, mas Susan e os médicos descobriram bem depois que o comediante sofria de Lewy Body Dementia, a segunda forma de demência degenerativa mais comum, atrás apenas do Alzheimer.

+++LEIA MAIS: Os 11 melhores filmes da carreira de Robin Williams, de acordo com nota de crítica [LISTA]

Encontrar esse diagnóstico foi, segundo ela, um tanto quanto "aliviante", pois nos meses que precederam a morte dele, ambos sabiam que as coisas não estavam certas. "Ele não estava com a mente no lugar".

"Sabíamos que tinha muito mais do que imaginávamos. Robin estava certo quando me disse 'Eu só quero reiniciar meu cérebro'."

+++LEIA MAIS: Robin Williams ganha canal oficial no YouTube para compilar stand ups, entrevistas e muito conteúdo icônico do astro; veja

Susan disse também que antes de saber o nome dessa doença neurológica, a experiência que passou com o marido foi como se eles estivessem sendo "perseguidos por um monstro invisível".

De acordo com o Instituto Nacional do Envelhecimento dos EUA, a Lewy Body Dementia "pode resultar em problemas de raciocínio, movimento, comportamento e humor". 


+++ DESAFIO! FREJAT ESCOLHE OS MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO