Vocal isolado de Johnny Cash em ‘Ring on Fire’ vai certamente emocionar você; ouça

Faixa lançada em 1963 foi escrita pela esposa do cantor

Redação Publicado em 20/04/2020, às 09h45

None
Johnny Cash (Foto: Cortesia de Jim Marshall e Reel Art Press)

Johnny Cash, um dos músicos mais influentes do século XX, é certamente lembrado pela voz impecável. O vocal isolado da música “Ring on Fire”, de 1963, dá nova vida à música e mostra o grave característico de Cash, como lembra a Far Out Magazine.

A música foi escrita pela esposa do artista, June Carter, e originalmente gravada pela cunhada de Cash, Anita Carter, e lançada como “(Love’s) Ring of Fire”, em 1962, a faixa se eternizou na voz do artista, no ano seguinte, lançada com um novo arranjo no álbum Ring of Fire: The Best of Johnny Cash.

+++ LEIA MAIS: O acidente que serrou irmão de Johnny Cash ao meio - e marcou a vida do músico

June Carter conta que entrou no estúdio, ao lado de MerleKilgore, com uma ideia para o começo da música: "Não há como estar nesse tipo de inferno, não há como apagar uma chama que queima, queima, queima”. A partir dessa frase, o resto da música tomou forma.

Apesar da dupla ser creditada na autoria da letra, a primeira esposa de Cash, Vivian Liberto, desmente a versão de June. Na biografia I Walked The Line (2008), atribui a autoria de “Ring of Fire” ao ex-marido. Johnny escreveu essa música, jogado e bêbado, sobre uma certa parte íntima do corpo feminino. Todos esses anos alegando que ela escreveu a música, provavelmente sem nunca saber realmente do que se tratava”, escreveu. 

+++ LEIA MAIS: A última e emocional entrevista de Johnny Cash: ‘Não deixe ninguém dizer o que fazer’; assista

Independentemente das divergências sobre a autoria da música, a versão de Johnny Cash mostra a conexão do músico com a letra e a voz isolada do cantor mostra um lado emocionante da canção. Ouça abaixo.


+++ SESSION RS: SCALENE TOCA ASSOMBRA