Vocalista do Gwar morreu por overdose acidental de heroína, diz laudo oficial

Músico foi encontrado morto na casa onde morava no dia 23 de março

Rolling Stone EUA Publicado em 04/06/2014, às 10h37 - Atualizado às 10h44

Gwar
Reprodução

Dave Brockie, vocalista do Gwar, teve a causa da morte determinada pelos legistas do Virginia State Medical Examiner. De acordo com o resultado dos laudos, o músico morreu por causa de uma overdose acidental de heroína no dia 23 de março, quando foi encontrado, já sem vida, na casa onde morava. Os policiais encontraram evidências da droga no local.

Dave Brockie, vocalista do Gwar, é encontrado morto.

Na época da morte, amigos de Brockie chegaram a dizer que estavam preocupados com os hábitos do músico, pelo uso de maconha e sobre o receio de que ele começasse a usar drogas mais fortes.

Desde a morte de Brockie, o Gwar tenta se manter na ativa. Em abril, eles lançaram a Davie Brockie Foundation, em homenagem ao vocalista. Eles também planejam continuar com o anual “Gwar-B-Q”, em agosto deste ano, “como Dave e Oderus gostariam”, disse o empresário.

O grupo também planeja abrir o “Gwar Bar”, em Richmond, nos Estados Unidos. Dizendo que a morte de Brockie” os deixou “mais determinados do que nunca”, os integrantes do Gwar lançou uma campanha para arrecadar US$ 50 mil para criar “uma junk food gourmet”.