Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Rammstein é punido por governo alemão após denúncias de abuso

Till Lindemann é acusado de escolher jovens na grade durante o show para depois dopa-las e agredi-las sexualmente

Redação Publicado em 07/06/2023, às 12h04

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Til Lindemann, do Rammstein  (Foto: Ap Images)
Til Lindemann, do Rammstein (Foto: Ap Images)

Till Lindemann, vocalista do Rammstein foi acusado por jovens fãs de agressão sexual após os shows. A banda está em turnê pela Europa e apresentações marcadas na Alemanha. Diante das acusações, o governo alemão solicitou medidas de proteção do público feminino.

"As jovens devem estar mais bem protegidas contra as agressões", declarou à AFP a ministra da Família, a ecologista Lisa Paus (via F5). 

As acusações foram feitas por várias mulheres na imprensa alemã nos últimos dias. A criação de áreas separadas para mulheres nos shows e a presença de equipes que possam proteger jovens no local do show, foram algumas das medidas propostas pela ministra. 

+++ LEIA MAIS: Show de Rammstein incomoda vizinhos a 16 km de distância

O Rammstein está com quatro shows marcados no estádio Olímpico de Munique esta semana e a grade próxima ao palco será removida para que o cantor não consiga ver as jovens.

Agressões sexuais

A primeira acusação contra Till Lindemann aconteceu no final de maio, quando uma jovem irlandesa de 24 anos alegou que foi dopada pelo vocalista e agredida sexualmente após um show na Lituânia que aconteceu no mesmo mês.

O primeiro relato levou a outras jovens a falarem sobre o mesmo cenário - fãs seriam localizadas na grade dos shows fotografadas, ou filmadas, para que Lindemann pudesse escolher, antes de serem convidadas para festas privadas. 

"É importante para nós que (as fãs) se sintam confortáveis e seguras nos nossos shows, na frente e por trás do palco", diz um comunicado da banda publicado no Instagram (via F5). A assistente russa Alena Makeeva, que seria responsável por convidar as jovens foi demitida da equipe da banda. 

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!