Voz de Amy Winehouse era falsa, afirma integrante do Portishead

O produtor e multi-instrumentista Geoff Barrow ainda alfinetou: “A maioria das cantoras de nível comercial parecem ter a mesma voz”

Redação Publicado em 21/09/2012, às 13h43 - Atualizado às 14h16

Lista - Amy Winehouse
AP

Geoff Barrow, integrante do Portishead, concedeu recentemente uma entrevista para o site Electronic Beats, dedicado à música eletrônica. O assunto central era o novo projeto dele, Break >, uma parceria com outros dois músicos, mas a conversa acabou chegando à cantoras pop e, especialmente, em Amy Winehouse.

Galeria: as cinco maiores canções de Amy Winehouse.

E Barrow não poupou Amy, que morreu em julho do ano passado, aos 27 anos. Considerada diva e responsável pela revitalização do soul como gênero moderno, Amy foi duramente atacada por ele. “Eu acho que 'Whiney Shitehouse', no fim, se tornou uma personagem de si mesma e de como ela cantava”, afirmou.

“Você já reparou como a maioria das cantoras de nível comercial parecem ter a mesma voz?”, questionou Barrow. “Elas subestimam a sua forma de cantar”, completou.

O músico diz que assistiu a um show da Amy de voz e violão, num pequeno bar em Bristol, cidade a oeste de Londres. “As pessoas faziam cara de que 'aquilo é incrível', mas não era tudo isso. E então ela teve aquele grande problema com drogas e todos os tabloides se envolveram”, afirmou. “Parecia falso, mas porque ela tinha esse grande problema com drogas, você não poderia dizer isso. Ela tinha uma vida real e uma voz falsa.”