8 importantes vozes femininas na história da música brasileira: de Elza Soares a Cássia Eller

No Dia Internacional da Mulher, homenageamos 8 artistas cujo legado para a música nacional é inestimável

Camilla Millan I @camillamillan Publicado em 08/03/2021, às 16h02

None
Montagem de Cássia Eller (Divulgação) e Elza Soares (Bleia / I Hate Flash)

O cenário musical brasileiro está repleto de mulheres icônicas. Algumas deixaram legados inestimáveis para a cultura nacional, e outras continuam a inspirar com grandes músicas e talento inquestionável.

A música brasileira chegou onde está devido ao talento de diversas mulheres, além da força de encarar uma indústria que também carrega o machismo. Posicionando-se como protagonistas, diversas artistas foram pioneiras nas composições e nas declarações enquanto figuras públicas.

+++LEIA MAIS: Há 20 anos, Cássia Eller 'invadia' show do Foo Fighters para abraçar Dave Grohl

Para além dos hits de sucesso e vozes marcantes, muitas cantoras fizeram importantes declarações políticas, notáveis até a atualidade. Elis Regina, Elza Soares e outras grandes artistas foram pioneiras, e continuam a reinventar, a MPB, samba, bossa nova, pop rock e diversos gêneros musicais.

Nesta segunda, 8 de março, Dia Internacional da Mulher, relembramos e homenageamos 8 importantes vozes femininas na história da música brasileira. Confira:

+++LEIA MAIS: 6 DJs mulheres incríveis para conhecer [LISTA]

Elis Regina 

Com muita técnica vocal e presença de palco, Elis Regina é considerada uma das maiores artistas da música brasileira. Passeando pela MPB, bossa nova, samba e jazz, a artista lançou e interpretou importantes hits da cena musical nacional, como “Águas de Março” e “Fascinação”.

A cantora, engajada politicamente, morreu aos 36 anos, em 19 de janeiro de 1982, e também é conhecida por fazer críticas à ditadura. A interpretação da música “O bêbado e a equilibrista” (João Bosco e Aldir Blanc), por exemplo, é considerada um hino da anistia. 


Elza Soares

Aos 90 anos, Elza Soares é uma das cantoras brasileiras mais importantes da atualidade. Com a característica voz rouca, a artista recebeu o prêmio de Melhor Cantora do Milênio pela BBC em 2000.

Além da voz marcante, as letras sobre racismo, feminismo e amor mostram que Elza Soares é essencial. Com mais de 30 discos, a artista tem uma contribuição inestimável para a música nacional.

+++LEIA MAIS: Elza Soares recebe vacina contra Covid-19: ‘Ciência venceu o medo, negacionismo e desinformação’


Rita Lee

Considerada a Rainha do Rock Brasileiro, Rita Lee tem mais de 50 anos de carreira. Com faixas que passeiam entre a música psicodélica, disco, pop rock, bossa nova e mais, a cantora é considerada pioneira do hibridismo musical entre gêneros nacionais e internacionais.

“Baila Comigo” “Banho de Espuma” e outras músicas são alguns dos grandes sucessos da carreira da cantora, que também é famosa por reivindicar a independência feminina dentro e fora dos palcos. 

+++LEIA MAIS: Rita Lee: Fatos marcantes que transformaram a 'ovelha negra' em Rainha do Rock


Cássia Eller

Outra grande representante do rock brasileiro foi a icônica Cássia Eller. Em vida, a cantora lançou 5 discos de estúdio e 3 álbuns ao vivo - suficiente para apresentar ao mundo todo o talento e unicidade. 

Além de ter diversos hits na carreira, como “Malandragem”, “Por Enquanto” e “O Segundo Sol”, Cássia Eller também foi referência e inspiração para a comunidade LGBTQIA+ na década de 1980, ao se identificar como bissexual e dar declarações sobre a importância do casamento homoafetivo.

+++LEIA MAIS: Rock in Rio: 5 apresentações icônicas do festival, de Queen a Cássia Eller


Maria Bethânia

Famosa pela voz eloquente, Maria Bethânia foi a primeira mulher a vender mais de 1 milhão de discos no Brasil. Além disso, ela é considerada uma das responsáveis por reinventar a MPB, considerada elitista na época, ao ter diversas faixas transmitidas nas rádios. 

Com mais de 30 discos lançados ao longo da carreira, a cantora, atualmente com 74 anos, tem importantes canções, comoba releitura de “Reconvexo” e “Sonho Impossível”. 

+++LEIA MAIS: Um dos maiores sucessos de Maria Bethânia, 'Cheiro de Amor', nasceu de uma propaganda de motel


Alcione

Reconhecida como Rainha do Samba  ou A Voz do Samba, Alcione lançou 40 discos ao longo da carreira e tem diversos hits, como “A Loba”, “Não Deixe o Samba Morrer” e “Você Me Vira a Cabeça”. 

Com 50 anos de carreira, Alcione também é uma importante personalidade do carnaval. Membro destacado da Estação Primeira de Mangueira, a cantora fundou, em 1987, a escola de samba mirim Mangueira do Amanhã.

+++LEIA MAIS: Chico Buarque defende Alcione em briga com presidente da Palmares: ‘Ruim da cabeça, doente do pé’


Gal Costa

Conhecida como Musa da Tropicália, Gal Costa é uma das grandes vozes da música brasileira. Com cerca de 30 discos de estúdio, a artista é considerada uma das grandes referências vocais femininas - e tem hits como "Chuva de Prata", "Um Dia de Domingo", e outros.

Passeando entre o rock e a música brasileira, Gal Costa faz da música um importante palco de debates políticos. Na época da Ditadura, por exemplo, a cantora usou as letras para refletir sobre exílio e criticar o golpe militar. 

+++LEIA MAIS: 12 músicas essenciais na cultura brasileira - mas censuradas durante a Ditadura Militar [PLAYLIST]


Nara Leão

Nara Leão, ou Musa da Bossa Nova, também usou a música para criticar o período militar. Ao longo da carreira, a cantora aderiu ao movimento tropicalista e transitou entre diversos estilos: da bossa nova à música de protesto.

A interpretação da canção “A Banda” é uma das mais conhecidas da carreira de Nara Leão, que lançou quase 30 discos nos 26 anos em atividade.

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


+++ HAIKAISS: 'O TRAP TAMBÉM PASSA UMA MENSAGEM CONSCIENTE' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL

+++MAIS SOBRE MÚSICA: Site escolhe a melhor banda de rock de cada ano de 1969 a 2019 - e o resultado é polêmico

O rock ‘n’ roll abalou o mundo da música e trouxe uma oportunidade para os músicos que procuravam um meio mais agressivo e despretensioso para se expressar. E, desde os primórdios do gênero musical, diversas bandas conquistaram fãs ao redor do mundo com canções espetaculares e atitudes provocativas.

Contudo, segundo a Cleveland, o conceito de estrela do rock mudou ao longo dos anos e é preciso deixar o antigo estereótipo de lado para reconhecer o trabalho de novas gerações de músicos, os quais estão dispostos a dar continuidade a história do rock. 

+++ LEIA MAIS: As 50 melhores músicas do Pink Floyd, segundo site

Por isso, o site separou as melhores bandas de cada ano, desde 1969 até 2019. A lista foi feita considerando os números de vendas, conquistas, repercussão e qualidade de música dos artistas. Confira:

1969 - The Beatles

1970 - Led Zeppelin

1971 - Led Zeppelin 

1972 - The Rolling Stones 

1973 - Pink Floyd 

1974 - The Band 

1975 - Led Zeppelin

1976 - Queen 

1977 - Fleetwood Mac 

1978 - The Rolling Stones 

1979 - The Eagles 

1980 - Pink Floyd 

1981 - The Rolling Stones 

1982 - The Clash 

1983 - The Police 

1984 - Talking Heads 

1985 - The Cure 

1986 - R.E.M.

1987- U2

1988 - Guns N’ Roses 

1989 - Guns N’ Roses 

1990 - Pixies 

1991 - Metallica 

1992 - Nirvana 

1993 - Pearl Jam 

1994 - Green Day 

1995 - Oasis 

1996 - Smashing Pumpkins

1997 - Radiohead

1998 - Beastie Boys 

1999 - Rage Against the Machine 

2000 - Radiohead 

2001 - Linkin Park 

2002 - System of a Down 

2003 - The White Stripes 

2004 - Green Day

2005 - The Killers 

2006 - Fall Out Boy 

2007 - Foo Fighters

2008 - Coldplay 

2009 - Paramore 

2010 - Arcade Fire 

2011 - Foo Fighters 

2012 - The Black Keys 

2013 - Vampire Weekend 

2014 - Arctic Monkeys 

2015 - Alabama Shakes

2016 - The 1975 

2017 - Twenty One Pilots 

2018 - Panic! at the Disco 

2019 - Queen