Wagner Moura fará sua estreia como diretor de cinema em longa sobre Marighella

A O2, de Fernando Meirelles, produzirá o filme, que conta com o apoio da família do guerrilheiro

Redação Publicado em 14/08/2013, às 10h30 - Atualizado às 15h45

Wagner Moura
DANIEL KLAJMIC

Wagner Moura fará sua estreia como diretor de cinema em um longa baseado na vida do ativista político e ex-deputado Carlos Marighella.

Galeria - Brasileiros em Hollywood.

De acordo com o que o ator disse em entrevista ao jornal O Globo, o filme acompanha os últimos cinco anos da vida de Marighella. O roteiro ainda será escrito pelo cineasta Sérgio Machado, que dirigiu Moura em Cidade Baixa (2005). A base da trama é o livro Marighella — O Guerrilheiro que Incendiou o Mundo, do jornalista Mário Magalhães, e as filmagens de Marighella (título provisório) começam em 2014, com o apoio da família do guerrilheiro.

Wagner Moura fala sobre novo filme, a carreira em Hollywood e o futuro distante das novelas.

“Meu trabalho será humanizar o herói Marighella, descobrir do que ele tinha medo, procurar seus conflitos. Em um determinado momento de sua participação na resistência armada à ditadura, ele entendeu que a luta estava perdida. Essa já seria uma falha trágica. Mas, assim mesmo, ele não foi para o exílio. Lutou até morrer, no Brasil”, disse Moura ao jornal.

“É um filme muito político”, diz Wagner Moura sobre a estreia internacional em Elysium.

O ator não será o protagonista do filme para se dedicar ao debute na direção e ainda não foi determinado qual ator assumirá o papel.