The Walking Dead: Como um spin-off de comédia pode salvar a franquia?

Série comemorou dez anos em outubro de 2020

Redação Publicado em 07/01/2021, às 13h29

None
The Walking Dead (foto: Reprodução/AMC)

A premissa de The Walking Dead é bastante simples: sobreviventes do apocalipse lutam diariamente para garantir a existência deles em um mundo dominado por zumbis. Baseada nas histórias em quadrinhos de Robert Kirkman, a série se tornou um sucesso mundial, celebrando o lançamento de dez temporadas em outubro de 2020.

The Walking Dead tornou-se um verdadeiro fenômeno da cultura pop, o que fez com que a rede televisa AMC produzisse dois spin-offs da série: Fear the Walking Dead (2015) e The Walking Dead: World Beyond (2020). Porém, com dez anos no ar, é fácil para a produção cair em clichês, ou pior, render um final desastroso.

+++LEIA MAIS: Completando 10 anos, The Walking Dead recebe homenagem impressionante (e trabalhosa) da Fox

Então, como o gênero de comédia poderia salvar a franquia? A resposta pode soar um pouco estranha inicialmente, mas faz todo sentido. Scott M. Gimple, um dos showrunners da série, comentou recentemente que a AMC está preparando diversos spin-offs para The Walking Dead, inclusive um que trará “um ponto de vista mais cômico sobre o mundo [da franquia]”.

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

Apesar do tom dramático e mais sério de The Walking Dead, o rumo em direção à comédia seria capaz de revigorar a série ao prestar tributo a um adorado subgênero do terror. A série de filmes A Noite dos Mortos-Vivos inaugurou o subgênero comédia zumbi, que emergiu ao sucesso com produções como A Volta dos Mortos-Vivos (1985), Fome Animal (1992), Zumbilândia (2009), entre outros.

+++LEIA MAIS: The Walking Dead: 4 coisas que não fazem sentido sobre os zumbis

Ao apresentar o mundo apocalíptico através da comédia, a franquia The Walking Dead se renovaria, abordando temas além dos já excessivamente explorados até então, como os desafios enfrentados pelos sobreviventes e a abundância de mortes. 

Fãs da saga responderam positivamente a personagens mais ácidos e engraçados, como Negan e Eugene, o que prova que tal direcionamento pode salvar The Walking Dead dos clichês do drama. Afinal, todo mundo gosta de dar boas risadas às custas de zumbis.

+++LEIA MAIS: Brad Pitt salvou vida de figurante nas filmagens de Guerra Mundial Z; entenda


+++ CYNTHIA LUZ | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL