The Walking Dead: diretor explica por que cena com Carl e Negan não pôde ser feita

Rosemary Rodriguez não tem medo de roteiros "politicamente incorretos", mas não convenceu produtores

Redação Publicado em 26/06/2020, às 14h07

None
Jeffrey Dean Morgan em The Walking Dead (Foto: Reprodução)

Rosemary Rodriguez, diretor de The Walking Dead, explicou as dificuldades para gravar uma cena entre os personagens Carl e Negan na sétima temporada da série. Apesar de não ter reservas para cenas polêmicas, foi necessário realizar modificações pela presença do ator Chandler Riggs, menor de idade na época das filmagens.  

Em entrevista ao site Undead Walking (via NME),Rodriguez revelou o desejo de ter explorado a cena para manter fidelidade aos quadrinhos, mas "perdeu" na conversa com outros executivos. Na cena, Negan mostra "esposas" ao filho de Rick Grimes e incentiva o jovem a olhar as mulheres. 

+++ LEIA MAIS: 4 erros mais gritantes (e irritantes) de The Walking Dead [LISTA]

"Queria uma reação dele [Carl] ao ver mulheres de um jeito muito sexy… O decote delas, [queria] algo mais explícito", contou o diretor. "Gosto de extremos e não tenho medo de entrar em nada, mesmo se for politicamente incorreto, maligno ou sombrio. Quero ir o mais longe possível". 

Os produtores discordaram das ideias de Rodriguez para as roupas das mulheres e a cena as mostrou com vestidos pretos. Relembre a cena abaixo.