The Walking Dead: Diretor quis que Negan fosse assassinado na 8ª temporada

O líder dos Salvadores seria assassinado por personagem querida do público

Redação Publicado em 20/05/2020, às 14h34

None
Jeffrey Dean Morgan em The Walking Dead (foto: reprodução / AMC)

Em entrevista ao podcast da Collider, Greg Nicotero, produtor-executivo e diretor de The Walking Dead, revelou como queria que Negan fosse assassinado na 8ª temporada(via Omelete).

A morte aconteceria no episódio intitulado Wrath. Inclusive, o antagonista - interpretado por Jeffrey Dean Morgan - seria assassinado por Maggie - interpretada por Lauren Cohan. Vale lembrar como os dois personagens têm um passado conturbado, já que Negan matou o marido da jovem, o queridinho do público Glenn.

+++LEIA MAIS: 4 melhores ‘porradarias’ de The Walking Dead: Socos, pontapés e mais

Nicotero explicou que a ideia do destino de Negan foi conversada com o showrunner da série na época, Scott Gimple: "Eu disse 'eu acho que a Maggie deveria atirar nele. Acho que ela deveria matá-lo ou atirar nele ou qualquer coisa porque ela está bem lá". A informação foi divulgada pela CB.

Em Wrath, depois de um conflito direto, Rick decide não matar o inimigo Negan. A decisão revolta Maggie, que promete assassinar o vilão na hora certa. No entanto, o plano dela não foi para frente e o líder dos Salvadores foi preso pela resistência.

+++LEIA MAIS: Ator detona The Walking Dead: ‘Ganhei muito mais dinheiro na Marvel’

O produtor-executivo continuou e reconheceu como esse foi "um momento difícil, conhecendo a Maggie e sabendo que ela vai colapsar quando Rick poupa a vida dele". Por isso, ele sugeriu para Gimple que a jovem devia matar o vilão.

Apesar disso, o diretor completa: "Mas obviamente, o Negan tinha uma jornada, tem muito mais coisa acontecendo".


+++ VITOR KLEY | A TAL CANÇÃO PRA LUA | SESSION ROLLING STONE