The Weeknd diz que Black Lives Matter e pandemia de coronavírus inspiraram o próximo disco

Último disco de estúdio do cantor, After Hours, foi lançado em março de 2020

Redação Publicado em 30/12/2020, às 11h46

None
The Weeknd (Foto: Instagram / Reprodução)

Abel Makkonen Tesfaye, mais conhecido como The Weeknd, parece estar em uma das melhores fases da carreira. Cerca de nove meses após lançar o disco After Hours, sucesso de público e crítica, ele diz trabalhar no próximo e estar "inspirado e criativo" em 2020. Em entrevista à tmrw magazine, o cantor revelou que os protestos do Black Lives Matter e pandemia de coronavírus são inspirações do próximo álbum.

"Fiquei mais inspirado e criativo durante a pandemia do que normalmente na estrada", explicou o artista. "A pandemia, o movimento Black Lives Matter e as tensões da eleição [nos EUA] criaram principalmente um sentimento de gratidão pelo que tenho e proximidade com as pessoas perto de mim."

+++LEIA MAIS: Billie Eilish perde 100 mil seguidores após postar desenho de seios no Instagram

Na entrevista, The Weeknd também falou que o último álbum foi um dos melhores trabalhos dele na última década: "Sinto que passei os últimos 10 anos criando um som e na maior parte da minha carreira, ou fugi dele ou o dupliquei. After Hours foi a obra de arte perfeita para mostrar a minha passagem pela indústria."


+++SHOWS QUE PERDEMOS EM 2020 | ROLLING STONE BRASIL

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes