White Lies faz show morno no Planeta Terra

Banda britânica tocou faixas de seus dois discos de estúdio, To Lose My Life Or Lose My Love, de 2009, e Ritual, de 2011

Patrícia Colombo Publicado em 05/11/2011, às 21h36 - Atualizado em 06/11/2011, às 14h48

White Lies foi uma das atrações do Planeta Terra 2011
Foto: Marcos Issa/Argosfoto

Os britânicos do White Lies fizeram show correto, mas morno na noite deste sábado, 5, no Planeta Terra Festival, no parque de diversões paulistano Playcenter. A banda apresentou canções de seus dois álbuns de estúdio: To Lose My Life Or Lose My Love, de 2009, e Ritual, de 2011.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

O White Lies foi a primeira atração internacional a subir ao palco Sonora Main Stage, às 19h. Esta é a segunda vinda da banda britânica ao Brasil em menos de um ano – e a primeira vez dos integrantes em um festival no país, já que em sua última passagem por aqui, em dezembro do ano passado, tocaram em um evento beneficente para poucas pessoas. Durante o show desta noite, Harry McVeigh (vocalista e guitarrista), Charles Cave (baixista) e Jack Lawrence-Brown (baterista) contaram com dois músicos de apoio, um no baixo e outro na guitarra.

Os integrantes são simpáticos e sorridentes (especialmente McVeigh) e demonstraram estarem contentes com o retorno ao Brasil, mas tais coisas não foram suficientes para que a banda conquistasse plateia.

Entre as canções que compuseram o repertório (inclua na lista "Farewell to the Fairground", “Strangers”, “Is Love”, “The Price of Love”, “A Place to Hide”, " Unfinished Business”, “E.S.T.” e "The Power & the Glory"), somente em “To Lose my Life”, “Death” e “Bigger than Us” (encerrando a apresentação) parte dos presentes esboçaram algum tipo de reação. Às 20h o show foi finalizado.