Will Arnett e Aaron Paul estrelam animação BoJack Horseman

Série exclusiva da Netflix está disponível no serviço de vídeo por assinatura desde sexta-feira, 22

Pedro Antunes Publicado em 23/08/2014, às 14h33 - Atualizado às 16h00

BoJack Horseman
Divulgação

Will Arnett e Aaron Paul são as estrelas da nova série da Netflix, BoJack Horseman, que estreou no serviço de vídeo por assinatura nesta sexta-feira, 22, mas “sem precisar mostrar nossas caras estúpidas”, como brincou Arnett, ator já experiente em produções exclusivas da empresa de streaming – ele atua na temporada exclusiva de Arrested Development, lançada em 2013.

Encontro dos personagens de Os Simpsons e Uma Família da Pesada ganha as primeiras fotos; veja.

BoJack Horseman é uma animação adulta, como pode ser visto no mais recente trailer lançado neste mês (abaixo), e mostra os altos e baixos do personagem título, interpretado por Arnett, um cavalo humanoide que fez sucesso na TV décadas antes, mas que vive em um presente regado a álcool e ataques de egocentrismo.

Os melhores finais de séries de todos os tempos.

Já Paul empresta sua voz a Todd Chavez, melhor amigo de BoJack, mas também desajustado. Ele vive na casa do protagonista de favor, dorme no sofá e até lembra o personagem Jesse Pinkman, de Breaking Bad, embora deixando de lado a parte de cozinhar e consumir metanfetamina.

Entrevista: Arrested Development retorna – Michael Cera, Jason Bateman e outros integrantes do elenco falam sobre a série.

Em rápida entrevista por telefone, Arnett diz que o trabalho de dublador funciona de maneira diferente daquele de quando ele está diante das câmeras. “Estou servindo a um roteiro ou a uma ideia engraçada”, diz ele, logo depois de brincar ao dizer que “trabalhei a minha carreira inteira para que pudesse chegar ao ponto de que só preciso falar e não mostrar a minha cara estúpida.”

O futuro dos filmes: a Netflix se tornará o próximo grande estúdio de Hollywood?

Para ele, é natural que a Netflix invista em seriados próprios, como BoJack e a temporada de Arrested Development. “É uma progressão do negócio”, diz ele. “Consumir televisão dessa forma não é o futuro, é o presente. Isso funciona muito bem com drama e comédias, principalmente aquelas de nicho, aquelas que não reúnem grandes audiências porque têm algumas piadas mais difíceis ou coisas que um grande público pode achar ofensivo.”

A temporada completa de BoJack Horseman está disponível na Netflix. Assista ao último trailer baixo: