Will Ferrell fala sobre continuação de Quase Irmãos: “Você precisa resistir à tentação”

“Não queremos continuar fazendo sequências de tudo”, disse o ator à Rolling Stone EUA

Rolling Stone EUA Publicado em 28/02/2017, às 09h04

Quase Irmãos
Reprodução

Já faz nove anos que a comédia Quase Irmãos, estrelada por Will Ferrell e John C. Reilly, chegou às telonas. Desde então, os fãs do longa clamam por uma sequência. No entanto, conforme Ferrell revelou em uma entrevista à Rolling Stone EUA, a probabilidade de que isso aconteça é mínima. “Você precisa resistir à tentação”, disse. “É difícil, porque as coisas que todo mundo quer que ganhem continuação são especiais justamente porque elas não tiveram continuação. Nós não queremos fazer sequências de tudo.”

As coisas eram diferentes em 2011, com Ferrell e o diretor do filme, Adam McKay, pensando em novas ideias para o Quase Irmãos 2 e vendo se alguma delas daria certo. “Sentimos como se tivesse mais terra para cavar nessa mina”, disse McKay à Collider em 2014. “[A ideia é que] um deles se casa e tem um filho. Eles ainda são meio que dois patetas, mas evoluíram uns três ou quatro degraus. Então nós tivemos uma ideia de algo que os colocaria de volta à estaca zero.”

O filme estava em estágio inicial de planejamento quando McKay e Ferrell foram surpreendidos com a possibilidade de filmar O Âncora 2: Tudo Por Um Furo. O longa-metragem arrecadou U$ 173.6 milhões, mas recebeu algumas críticas negativas. Além disso, alguns fãs disseram que a sequência não seguiu o mesmo nível que o primeiro. “Pessoalmente, nos sentimos ótimos pelo que fizemos em O Âncora 2”, disse Ferrell à Rolling Stone EUA. “E eu acho que existem pessoas que gostam mais desse do que do original. Mas você sempre encontra alguns que dizem: ‘Ah, por que eles tiveram que fazer isso?’.”

Enquanto isso, McKay voltou a atenção dele para filmes mais sérios, como A Grande Aposta (2015) e também Bad Blood, produção em andamento e que será interpretada por Jennifer Lawrence. Ele também tem algumas ressalvas quanto a uma continuação para o filme Quase Irmãos.

“Talvez nós façamos isso em 10 anos”, disse McKay. “Eu disse 'não' em determinado ponto. E então percebi que era besteira da minha parte ter feito isso, porque quanto mais eles envelhecem, mais engraçada a piada fica. Definitivamente eu não diria não a isso agora. Na época eu pensava assim, porque sequências de comédias são as coisas mais difíceis de serem feitas, porque parte da piada já foi contada no primeiro filme.”

Já Ferrell não tem tanta certeza se a piada se tornará mais engraçada à medida que ele e Reilly envelhecem. “E então fazer com que [os personagens] se tornem patéticos?”, ele pergunta. “Possivelmente mais engraçados, eu acho. Mas também mais patéticos. Nós tivemos uma ótima ideia e chegamos bem perto de filmar, mas não aconteceu.” McKay se recusou a divulgar o enredo pensado para a continuação. Ele revelou ainda que existe uma chance de 6% de que o projeto saia do papel.

“Existem tantos outros projetos que eu e o Will temos juntos”, ele disse. “Nós acabamos de escrever um roteiro juntos que eu considero como uma das coisas mais engraçadas que já fizemos juntos. Então não sei dizer se nós estamos morrendo de vontade de fazer outro Quase Irmãos. Mas como eu disse, eu nunca diria nunca. Eu só não sei o que pode acontecer em oito, nove anos.”