Wim Wenders interrompe filme sobre Pina Bausch

Cineasta alemão faria o primeiro longa de dança em 3D com a renomada coreógrafa, morta em 30 de junho

Da redação Publicado em 06/07/2009, às 11h01

O cineasta alemão Wim Wenders interrompeu a produção de Pina, produção em 3D que homenagearia a coreógrafa conterrânea Pina Bausch, morta no dia 30 de junho, aos 68 anos, cinco dias após diagnóstico de câncer.

Bausch, que recebe o crédito de ter revolucionado a dança moderna, era tema do primeiro filme sobre dança realizado com tecnologia 3D. Com sua morte, a produtora de Wenders, Neue Road Movies, anunciou a interrupção temporária do filme, informou a agência de notícias Reuters. O cineasta negociará com a companhia de Bausch, o Teatro de Dança Wuppertal, sobre como levar o projeto adiante.

Desde o ano passado, Wenders manifestava o desejo de tocar o quanto antes filme em colaboração com a coreógrafa. Em maio, durante o Festival de Cannes, ele divulgou que Bausch estaria a cargo da coreografia de uma produção em 3D, com filmagens começando em setembro.

Duas semanas antes de morrer, a alemã havia estreado o espetáculo "Uma Peça de Pina Bausch 2009" (título provisório). Em setembro, a bailarina viria ao Brasil para apresentar obras-primas de sua carreira. Entre elas, "Café Müller", incorporada ao filme Fale Com Ela, do espanhol Pedro Almodóvar (assista ao vídeo aqui).

Bausch também esteve em E La Nave Va, do italiano Federico Fellini.